Sporting

Leões recompram VMOC ao BCP por 14 milhões de euros

Leões recompram VMOC ao BCP por 14 milhões de euros

O Sporting recomprou os Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC), detidos pelo BCP, por cerca de 14 milhões de euros.

De acordo com a nota enviada à CMVM, o clube leonino recomprou cada um dos 83.416.953 VMOC por cerca de 17 cêntimos (0,168 euros), num total de 14,015 ME.

O Sporting pagou 4,606 ME pelos Valores Sporting 2010 (27.416.953 VMOC) e 9.408.771 ME pelos Valores Sporting 2014 (56.000.000), que venciam em 26 e 16 de dezembro de 2026, respetivamente.

A 4 de março, o clube leonino já tinha anunciado o negócio de compra e venda em que antecipou e assegurou a compra dos VMOC detidos pelo BCP, com valor nominal de 83,417 milhões de euros que venciam em dezembro de 2026.

Assim, e de acordo com o mesmo comunicado enviado à CMVM na semana passada, o clube passa a deter 126.321.668 milhões de ações da SAD, "representativas de uma participação de 83,9% do capital social e dos direitos de voto na sociedade, dos quais, de forma direta, serão imputados os direitos de voto de 101.359.378 ações da Sporting SAD, representativas de uma participação de 67,32%.

De forma indireta, por via do controlo conjunto com a Sporting SGPS, o clube detém ainda os direitos de voto de 24.962.290 ações da Sporting SAD, representativas de uma participação de 16,58%.

Em 31 de dezembro de 2021, o Sporting detinha diretamente na SAD direito de voto de 26,656%, face à posse de 17.859.437 ações de categoria A.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG