Sporting - Famalicão

Leões vencem "besta negra" e aproximam-se da final four da Taça da Liga

Leões vencem "besta negra" e aproximam-se da final four da Taça da Liga

Sporting derrota Famalicão, com golos de Ugarte e Nuno Santos, e basta uma igualdade com o Penafiel para atingir fase final. Primeiro triunfo frente ao adversário minhoto em quatro anos.

O Sporting venceu o Famalicão, por 2-1, em Alvalade, e precisa apenas de um empate, frente ao Penafiel, a 15 de dezembro, na última jornada, para se apurar para a final four e tentar repetir a conquista da última época. Apesar de oito mudanças relativamente ao encontro com o Moreirense, os leões assinaram uma exibição interessante, com um forte espírito competitivo, e a prova foi que marcaram na madrugada da partida, aos oito minutos. Um golo com alguma felicidade, dado que a bola bateu num defesa minhoto, mas que valeu a Ugarte o primeiro festejo com a camisola verde e branca. Por respeito ao antigo clube, não festejou.

No segundo período, Nuno Santos aumentou a vantagem e, perto do fim, Heriberto Tavares reduziu.

O Sporting matou um borrego com quatro anos: o último triunfo com o Famalicão tinha ocorrido em 2017. A besta negra de Ruben Amorim foi ao chão, pela primeira vez, sob o seu legado.

Apesar do duelo se ter disputado entre o campeonato e a Champions, o Sporting entrou em campo com o pé no acelerador e marcou na primeira oportunidade. O meio-campo deu conta do recado e a vantagem deu tranquilidade. Aos 32 minutos, Sarabia teve uma boa oportunidade mas a bola saiu à figura do guardião.

A segunda parte trouxe uma partida mais aberta em virtude das três substituições promovidas no Famalicão, que se tornou mais ofensivo. Ruben Amorim respondeu com a entrada de Pedro Gonçalves e, três minutos depois, o segundo golo surgiu por Nuno Santos.

Quando tudo parecia resolvido, o Famalicão acordou das cinzas e marcou por Heriberto Tavares. A seguir, Alvalade gelou no momento em que Riccieli introduziu a bola na baliza mas o defesa estava em fora de jogo. O leão respirou de alívio e já sonha com a fase final.

PUB

Positivo
Nuno Santos assinou boa exibição, que foi coroada com um golo. Atravessa um bom momento. Pedro Gonçalves deu toque de classe à equipa na reta final do encontro.

Negativo
Jovane não saiu feliz após ser substituído mas a verdade é que voltou
a pecar na falta de objetividade. Famalicão cedeu bola aos leões até
ao intervalo e acordou demasiado tarde.

Árbitro
Apenas três amarelos mostrados num jogo em que não teve a ajuda do VAR. Apesar da falta de tecnologia, decidiu quase sempre bem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG