São João de Ver

Liga 3: Começar a época com o pé esquerdo

Liga 3: Começar a época com o pé esquerdo

Diogo Barbosa, jogador do São João de Ver, marcou um golo do meio-campo frente ao Canelas. Médio é um caso de superação após ter ultrapassado lesão grave.

Este foi claramente o golo da segunda jornada da Liga 3 e, muito provavelmente, será um dos melhores da competição. À partida, já se sabia disto, restava agora perceber quem era aquele "número 6" do conjunto de Aveiro. Primeiramente, a questão que se impunha, embora pareça redundante, era se o pé esquerdo de Diogo Barbosa ainda estava dorido depois de ter enviado aquela "carta" em formato "correio expresso" diretamente do meio-campo para o fundo das redes do Canelas na gorda vitória por 1-5.

Uma vez salvaguardada a integridade física do atleta e confirmada a "facilidade em rematar com ambos os pés" do jovem futebolista do São de Ver, prosseguiu-se com a conversa. Para o espanto de grande parte do público, ou não, trata-se afinal de contas de um rapaz de 22 anos, natural de Lobão, em Santa Maria da Feira. Fez questão de terminar o 12.º ano em Ciências e Tecnologias, mas "sempre com o Plano A de um dia vir a jogar à bola" em mente. E como se pedir para tudo ser um mar de rosas fosse demais, eis que no primeiro ano de sénior fez uma rotura do ligamento cruzado.

"Dez meses de tratamento" e o "apoio incondicional da família" foram uma receita para Diogo Barbosa conseguir recuperar, mas admite que "o pensamento de desistir do sonho de ser jogador profissional" lhe passou pela cabeça e foram os parentes que o fizeram continuar, tal como foram eles que o acarinharam "para celebrar este tento frente ao Canelas 2010".

Em ano de dupla estreia, já que está a cumprir a primeira época no São João de Ver, na edição inaugural da Liga 3, o jovem continua a "não ter limites para os sonhos" e promete trabalhar para prosseguir este trajeto de superação que começou em 2018 e não tem fim à vista.

Carreira
Formado no Fiães passou ainda pelo Paços de Ferreira

O SC São João de Ver é o terceiro clube sénior da carreira de Diogo Barbosa. O médio começou a formação no Fiães, onde completou o escalão de sub-15. Seguiram-se a AD Sanjoanense até ao último ano de júnior e depois o Paços de Ferreira. No primeiro ano de sénior voltou à Sanjoanense, perdeu espaço com a lesão e foi emprestado ao Esmoriz. Regressou em bom plano e duas épocas depois foi para São João de Ver. Agora marcou um golo do outro mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG