Futebol

Liga de Clubes participa do Aves por não compactuar com salários em atraso

Liga de Clubes participa do Aves por não compactuar com salários em atraso

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) avançou com a participação disciplinar ao Desportivo das Aves, da Liga, por considerar que "não podia compactuar" com salários em atraso.

Fonte da Liga de clubes explicou à Lusa que o organismo decidiu notificar e participar disciplinarmente pois, apesar de os prazos administrativos estarem suspensos, "a direção da Liga não podia compactuar com a falta de pagamento de salários".

O arquivamento do processo disciplinar associado ao incumprimento salarial de março a abril no Desportivo das Aves, último classificado da Liga, ocorreu devido a uma questão processual, disse fonte da Federação Portuguesa de Futebol.

Segundo a mesma fonte da FPF, ainda não tinha terminado o prazo para que a SAD do Desportivo das Aves fizesse prova da inexistência de dívidas quando a Liga de clubes avançou com a participação, devido à suspensão dos prazos administrativos, decidida pelo Governo, por causa da pandemia de covid-19.

Apesar do arquivamento, existe a possibilidade de se avançar com um outro procedimento disciplinar caso exista incumprimento na obrigação de demonstração da inexistência de dívidas salariais.

A SAD do Desportivo das Aves, já despromovido ao escalão secundário, viu hoje ser arquivado um processo disciplinar associado ao incumprimento salarial de março a abril.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG