Desporto

Liga decreta minuto de silêncio na jornada do fim de semana em memória de Coluna

Liga decreta minuto de silêncio na jornada do fim de semana em memória de Coluna

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) decretou, esta quinta-feira, um minuto de silêncio a anteceder os jogos dos escalões profissionais, a disputar no próximo fim de semana, em homenagem ao antigo futebolista Mário Coluna, que morreu na terça-feira.

"Para conhecimento dos clubes e demais interessados vimos por este meio comunicar que, em memória de Mário Esteves Coluna, um dos grandes nomes do futebol português, a Comissão Executiva da LPFP, determinou que, no início dos jogos da 21.ª jornada da I Liga e da 32.ª da II Liga, seja respeitado um minuto de silêncio", pode ler-se no comunicado da LPFP.

O antigo internacional português morreu na terça-feira, aos 78 anos, em Maputo, vítima de uma vítima de infeção pulmonar grave, estava internado desde domingo no Instituto do Coração, na capital moçambicana.

PUB

Nascido em Inhaca, Moçambique, a 06 de agosto de 1935, Coluna conquistou a Taça dos Campeões Europeus em 1961 e 1962 - com um golo em cada final -, foi campeão nacional 10 vezes e conquistou a Taça de Portugal em sete ocasiões ao serviço do Benfica, clube que representou entre 1954 e 1970, fazendo 525 jogos oficiais.

Com a camisola da seleção portuguesa, efetuou 57 jogos e marcou oito golos, envergando a braçadeira de capitão quando Portugal foi terceiro classificado no Mundial de 1966, em Inglaterra, que ainda hoje continua a ser a melhor classificação lusa em campeonatos do Mundo.

Em Moçambique, no início da carreira, alinhou pelo Desportivo de Lourenço Marques, tendo encerrado o percurso como jogador no Estrela de Portalegre (1971/72), depois de uma época no Olympique de Lyon, em França.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG