Futebol

Liga responde a Benfica e diz que plano não "considerou a presença de sócios ou adeptos"

Liga responde a Benfica e diz que plano não "considerou a presença de sócios ou adeptos"

Após a recusa da Direção-Geral da Saúde em o Estádio da Luz receber adeptos na tribuna presidencial, o Benfica criticou a Liga Portuguesa de Futebol pela "demonstração de incompetência e incúria". A Liga respondeu e diz que em "nenhum momento se considerou a presença de sócios ou adeptos".

Em comunicado, a instituição detalha que os lugares da tribuna, com lotação máxima de 50% devido à pandemia de covid-19, estão orientados "para a presença de entidades regulamentares e/ou protocolares". No mesmo documento, a Liga Portuguesa de Futebol relembra que o plano para retoma da atividade desportiva, para 2020/2021, foi feito em conjunto com os "Departamentos Médicos e os Departamentos de Futebol de todas as Sociedades Desportivas", o qual recebeu o aval da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A proposta do Benfica em convidar sócios e adeptos para as tribunas, mesmo respeitando a lotação, foi rejeitada pela autoridade de saúde, que terá enviado um email esta sexta-feira à Liga, onde não dava a autorização para a "presença de um número limitado de sócios, Casas do Benfica e patrocinadores no camarote presidencial", referiu já esta manhã o clube num comunicado.

Ora, a Liga considera que a interpretação das normas do plano de retoma não pode ser "desenquadrada daquilo que ficou acordado com as Sociedades Desportivas", mas realça que não responderá diretamente às críticas do Benfica. "A Liga Portugal, como tem sido seu tom ao longo das últimas épocas, não irá esgrimir acusações públicas com um dos seus associados", lê-se no comunicado.

No próximo dia 2 de outubro, a Liga tem marcada uma reunião com a Direção-Geral de Saúde, onde o regresso de público aos estádios será um dos temas em discussão, assim como a "possibilidade de ocupação de zonas empresariais do estádio, algo que não se encontra permitido no plano de organização de jogo em vigor".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG