O Jogo ao Vivo

Champions

Lille e Salzburgo também seguem para os oitavos

Lille e Salzburgo também seguem para os oitavos

Os franceses do Lille e os austríacos do Salzburgo garantiram, esta quarta-feira à noite, o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões, faltando apenas preencher uma vaga que será ocupada pelo Atalanta ou o Villarreal.

O Grupo G fechou como começou a última jornada, sem alterações na tabela, com o Lille, dos portugueses José Fonte e Renato Sanches, a confirmar a liderança com um triunfo por 3-1 em casa do Wolfsburgo e o Salzburgo a segurar a segunda posição ao impor-se por 1-0 ao Sevilha, remetido para a Liga Europa. Com este desfecho, a Áustria volta a ter um representante na fase a eliminar da Champions ao fim de 30 anos.

Os franceses do Lille mantiveram a primeira posição do grupo, com 11 pontos, seguidos pelos austríacos do Salzburgo, segundos com 10, dos espanhóis do Sevilha, terceiros, com seis e dos alemães do Wolfsburgo, quartos, com cinco, e eliminados das provas da UEFA.

No Grupo F, as contas estão ainda em aberto, após o adiamento do jogo entre a Atalanta e o Villarreal, devido a um nevão em Bergamo que deixou o relvado impraticável, decisivo para determinar qual das equipas acompanha o Manchester United nos "oitavos" e qual desce para a Liga Europa.

O Manchester United, que já tinha assegurado a primeira posição do grupo na última ronda, derrapou na derradeira jornada ao empatar em casa a 1-1 com os suíços do Young Boys, que terminaram na quarta posição, com cinco pontos, e eliminados.

A Juventus terminou na primeira posição do Grupo H ao vencer por 1-0 o Malmo e ao beneficiar do empate a 3-3 sofrido nos descontos pelo Chelsea em casa do Zenit.

Chelsea e Juventus partiram para a derradeira jornada do grupo nas primeira e segunda posições, respetivamente, com 12 pontos, seguidos do Zenit, com quatro e a garantia de presença na Liga Europa, e do Malmo, último com um e já afastado.

PUB

A equipa inglesa puxou pelos galões de campeã europeia em título e demonstrou cedo a vontade de segurar a liderança, com um golo aos dois minutos do alemão Timo Werner, mas o Zenit deu a volta ainda antes do intervalo por intermédio do brasileiro Claudinho e do iraniano Sardar Azmoun.

O Chelsea empatou a 2-2 pelo belga Romelu Lakaku, aos 62 minutos, mas estava obrigado a vencer para recuperar a liderança, uma vez que a Juventus cumpria com serviços mínimos e vencia o Malmo por 1-0, resultado que se manteria inalterável.

Num final de jogo frenético, o Chelsea chegou à vantagem aos 85 minutos com um segundo golo de Timo Werner (3-2), que esteve também na assistência para o golo de Lukaku, voltando à condição de líder do grupo, mas por pouco tempo, pois o Zenit empatou a 3-3 por Magomed Ozdoev, aos 90+4.

O Grupo H fechou com a Juventus a chegar à liderança, com 15 pontos, seguida do campeão europeu Chelsea, segundo com 13, do Zenit, terceiro com cinco, e do Malmo, quarto e último posicionado, com um.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG