Futebol

Liverpool goleia Watford, Bernardo Silva decisivo para o triunfo do City

Liverpool goleia Watford, Bernardo Silva decisivo para o triunfo do City

O Liverpool goleou esta quarta-feira por 5-0 o Watford e segurou a liderança da Liga inglesa com mais um ponto do que o Manchester City, que venceu por 1-0 na receção ao West Ham, na 28.ª jornada.

Os reds, que tinham apenas uma vitória nos últimos quatro jogos na Premier League, chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, com dois golos do senegalês Sadio Mané, aos nove e 20 minutos, o segundo numa brilhante finalização de calcanhar.

No segundo tempo, o Liverpool castigou ainda mais os hornets - que tiveram o internacional sub-20 português Domingos Quina no banco de suplentes --, com tentos do belga Divock Origi (66 minutos) e um 'bis' do central holandês Virgil van Dijk (80 e 83).

O conjunto de Anfield passou a somar 69 pontos, mais um do que o Manchester City, segundo classificado, com 68, que bateu o West Ham pela margem mínima, poucos dias depois da conquista da Taça da Liga inglesa.

O internacional luso Bernardo Silva, que tinha iniciado a partida no banco de suplentes dos citizens, foi lançado por Pep Guardiola aos 57 minutos, para o lugar do alemão Leroy Sané, e teve impacto imediato: um minuto depois de entrar, foi derrubado por Felipe Anderson dentro da área dos londrinos e deu a oportunidade ao argentino Sergio Aguero de marcar o tento do triunfo, aos 59.

De resto, tudo se manteve igual no topo da classificação, ainda que o Tottenham, terceiro, com 60 pontos, esteja agora mais longe da dupla da frente, após ter sido derrotado por 2-0 no dérbi com o Chelsea, em Stamford Bridge.

O guarda-redes espanhol Kepa foi relegado pelo técnico Maurizio Sarri para o banco de suplentes, na sequência do incidente que protagonizou na final da Taça da Liga inglesa, e de lá viu o compatriota Pedro inaugurar o marcador, aos 57 minutos, antes de Kieran Trippier se desentender com Hugo Lloris e selar a vitória dos blues, com um golo na própria baliza, aos 84.

Ainda assim, o conjunto de Londres continua no sexto posto, com 53 pontos e menos um jogo, uma vez que tanto o Arsenal como o Manchester United venceram as respetivas partidas.

Os gunners, quartos classificados, estão agora a quatro pontos do Tottenham, depois de golearem o Bournemouth por 5-1, com golos de Mesut Özil (quatro minutos), Henrikh Mkhitaryan (27), Laurent Koscielny (47), Pierre-Emerick Aubameyang (59) e Alexandre Lacazette (78), sendo que Lys Mousset anotou o tento dos 'cherries' (30).

Já o Manchester United, com o português Diogo Dalot como titular, venceu no terreno do Crystal Palace, por 3-1. Os red devils, que estão no quinto lugar, com 55 pontos, construíram o triunfo por intermédio do belga Romelu Lukaku (33 e 52 minutos) e de Ashley Young (83), enquanto Joel Ward marcou para a formação londrina (66).

No outro jogo do dia, o Southampton colocou fim a uma série de quatro encontros sem vencer e saiu da zona de despromoção, ao bater o 'aflito' Fulham (19.º) por 2-0, com golos de Oriol Romeu, aos 23 minutos, e James Ward-Prowse, aos 40.