O Jogo ao Vivo

Futebol - Luís Castro

"Estou na melhor fase da minha carreira"

"Estou na melhor fase da minha carreira"

Atualmente ao serviço do Al-Duhail, do Catar, Luís Castro analisa o momento dos três grandes e aborda o Mundial do próximo ano. "Vai ser o melhor de sempre", disse, à margem de uma aula de treino desportivo, na Universidade Lusófona, no Porto

"Já tinha saudades de uma conferência de imprensa em língua portuguesa". Foi assim que Luís Castro começou a intervenção aos jornalistas presentes, na conversa que antecedeu a aula de Treino Desportivo, integrada num Mestrado de Futebol, lecionado na Universidade Lusófona do Porto, do qual o técnico é embaixador.

O agora professor Luís Castro abordou uma vasta variedade de temas, desde as condições do Catar como país organizador do Mundial 2022 ao ponto em que se encontra a carreira desportiva, passando pelo estado do futebol português.

Luís Castro acredita que F. C. Porto, Benfica e Sporting já se conseguem bater com equipas de França, Espanha e Itália, mas vê Inglaterra e Alemanha com clubes demasiado fortes para a realidade portuguesa. Confrontado sobre a possibilidade do regresso a Portugal, o técnico não pareceu muito inclinado a voltar. "Quando estamos com as malas feitas, no aeroporto, sabemos que vamos com uma missão. Acredito que voltar a Portugal seria um bocado uma inversão de carreira e o meu foco agora está em adquirir títulos internacionais e obter experiência", explicou.

Além desta análise ao desempenho dos lusos na Liga dos Campeões Luís Castro abordou o momento dos três grandes. "Está muito equilibrado, muito bom. Se estavam à espera que o Sporting caísse, agora olham e pensam 'será que perde?'. Este ano há mais certeza, o Rúben Amorim fez um trabalho fantástico. O F. C. Porto está na continuidade do que tem feito e o Benfica, apesar de ter oscilado um bocadinho, continua colado e vivo na Liga dos Campeões. É a tal racionalidade, termos calma. Um treinador não pode ser bom hoje e mau amanhã. Ou é ou não. Colocarmos em causa um colega não me parece bem".

O treinador do Al-Duhail acredita que este Mundial, agendado para novembro do próximo ano, tem todas as condições para ser "o melhor de sempre", devido ao facto dos jogadores se apresentarem para a competição numa fase da época em que os índices físicos estão num patamar superior e elogiou ainda a capacidade do Catar para receber a prova. "A temperatura, nessa altura do ano, é das mais agradáveis que o país tem para oferecer. Os estádios também têm ar condicionado e os jogadores não terão qualquer problema com esse fator. Ainda para mais os relvados estão impecáveis: Estão a ser construídos estádios que nem serão utilizados até ao Mundial. Quem vai sofrer mais com este agendamento serão as ligas nacionais porque o Campeonato do Mundo é uma prova que os vai condicionar a vários níveis", acredita o treinador.

A cumprir o primeiro ano no Catar, Luís Castro já teve oportunidade de defrontar a ex-equipa do agora treinador do Barcelona, Xavi Hernández, e acredita que vai ter um impacto positivo no Barcelona, destacando a pressão alta, que é padrão nas equipas do espanhol. "Há quatro níveis em que os jogadores têm de estar bem para o coletivo funcionar: O tático, físico, técnico e o psicológico. Acredito que o impacto neste último campo vai ser enorme, até por ser quem é, e isso vai-se notar já no jogo com o Benfica".

PUB

Após passagens por outros países, enquanto treinador (Catar e Ucrânia), Luís Castro foi confrontado com diferentes culturas e realidades, o que lhe permitiu adquirir "experiência e conhecimento" contribuindo para a "melhor fase da carreira". "O futebol é muito repentino e vive do momento, mas nesta altura acredito que estou na melhor fase da minha carreira, depois de ter passado por várias funções e por isso qualquer desafio num clube de topo seria bem-vindo", afirmou.

Luís Castro já foi coordenador da formação no F. C. Porto e, como técnico, orientou F. C. Porto, F. C. Porto B, Rio Ave, Chaves, V. Guimarães, Shakhtar Donetsk (Ucrânia) e Al-Duhail (Catar).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG