Espanha

Luis Enrique: "Não temos avançados que ficam no ataque a fumar o cigarrinho"

Luis Enrique: "Não temos avançados que ficam no ataque a fumar o cigarrinho"

O selecionador espanhol considerou o jogo de terça-feira, com Portugal, "uma final" e vincou que a equipa de Fernando Santos tem "muito talento".

Portugal é líder do Grupo A2, com 10 pontos, à frente de Espanha, com oito. À equipa das quinas basta apenas um empate diante da "La Roja" para passar à "final four" da Liga das Nações e, por isso, Luis Enrique considerou o duelo ibérico, agendado para terça-feira, uma "final".

PUB

"Não sei se vão fazer muitas alterações em relação ao último jogo, mas certamente quatro ou cinco vão mudar, sobretudo os laterais. Não acredito que mude os jogadores principais. Portugal é uma seleção com muito talento e com muitas individualidades. É um país como a Espanha, que tem algumas das melhores camadas jovens do mundo. Hoje em dia, Portugal tem muitos jogadores que são titulares em alguns dos melhores clubes do mundo. Este jogo é uma final e temos de ganhar", começou por dizer o selecionador espanhol, vincando que a equipa vai encarar o jogo como um duelo do Mundial.

"Vamos encarar este jogo como se fosse dos quartos de final no Mundial do Catar, num estádio muito bonito e certamente com muitos adeptos. Temos de pensar de maneira positiva e pensar que temos possibilidade de vencer esta competição. Temos sofrido golos de bola parada, mas, sinceramente, fui jogador e sou treinador há muitos anos, e não sei o que temos de fazer. Temos trabalhado para que isso não aconteça. Debilidade defensiva? Aqui defendem todos. Não temos avançados que ficam no ataque a fumar o cigarrinho", concluiu.

O encontro entre Portugal e Espanha, da sexta e última jornada do Grupo A2 da Liga das Nações 2022/23, está marcado para terça-feira, pelas 19.45 horas, no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem do italiano Daniele Orsato. Após cinco rondas, a formação das quinas lidera o agrupamento, com 10 pontos, contra oito da Espanha, seis da Suíça e quatro da República Checa, sendo que o primeiro segue para a "final four" e o último é despromovido à Liga B.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG