Desporto

Má despedida de Alex Ferguson e de André Villas-Boas

Má despedida de Alex Ferguson e de André Villas-Boas

Alex Ferguson e André Villas-Boas tiveram más despedidas de 2011, com o Manchester United e o Chelsea a perderem, esta tarde, em casa com o Blackburn Rovers (2-3) e o Aston Villa (1-3), respectivamente, na 19.ª jornada da Liga Inglesa.

Nani e companhia estragaram o 70.º aniversário de Sir Alex e o regresso de Anderson, desperdiçando a oportunidade de entrarem em 2012 isolados no topo. O bis de Berbatov (52 e 62 m), a redimir-se do penálti que cometeu, ainda anulou o bis de Yakubu (16, gp, e 51 m), mas De Gea meteu água e Hanley (81 m) deu a vitória ao então último classificado.

Em Londres, de penálti (23 m), Drogba fez o golo 150 pelo Chelsea, mas André Villas-Boas, Paulo Ferreira, Raul Meireles e Bosingwa (substituiu Ferreira aos 75 minutos), viram a vida a andar para trás pouco depois, quando Ireland empatou (28 m).

PUB

O Chelsea procurava a vitória quando Petrov (83 m) e Bent (86 m) transformaram dois erros em golos. Os blues, que conquistaram três pontos nos últimos quatro jogos, deixaram a zona da Champions, ultrapassados na corrida ao quarto lugar pelo Arsenal, que bateu o Queens Park Rangers (1-0).

Destaque para o primeiro golo de Orlando Sá (Fulham) na Liga, no empate (1-1) em Norwich, cedido já nos descontos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG