Sporting

MAG indefere assembleias para revogar mandato de Varandas e de Rogério Alves

MAG indefere assembleias para revogar mandato de Varandas e de Rogério Alves

A Mesa da Assembleia Geral (MAG) do Sporting indeferiu por unanimidade, esta quarta-feira, os pedidos de assembleias gerais que tinham como objetivo revogar os mandatos dos líderes do Conselho Diretivo, da MAG e dos elementos deste último órgão, explicou aquele organismo em comunicado.

O órgão liderado por Rogério Alves entende que os "factos imputados aos visados não constituem justa causa" e que os próprios pedidos "constituem um abuso de poder".

"Relativamente aos pedidos destinados à realização de quatro Assembleias Gerais, respetivamente, mas não forçosamente por esta ordem: revogação dos mandatos do Presidente do Conselho Directivo (CD), à revogação dos mandatos do Presidente do CD do Presidente da MAG e dos restantes membros da MAG, à revogação do mandato do Presidente da MAG e finalmente, à revogação do mandato dos demais elementos da MAG, tudo em termos que aqui se dão por reproduzidos, considera a MAG o seguinte: a) Os factos imputados aos visados não constituem justa causa para que se opere a revogação dos respetivos mandatos;
b) Os pedidos apresentados constituem um abuso de direito, tendo em conta, além do que mais se expôs na fundamentação desta peça, a possibilidade de vir a submeter o Sporting CP e respetivos Sócios, à potencial realização consecutiva de quatro Assembleias Gerais no espaço de 22 dias", lê-se no documento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG