Liga dos Campeões

Manchester City-F. C. Porto: Choque frontal entre milhões e migalhas

Manchester City-F. C. Porto: Choque frontal entre milhões e migalhas

F. C. Porto leva vantagem no palmarés com conquistas no plano interno e troféus internacionais.

Uma época depois, o F. C. Porto regressa ao habitat natural, a Champions, e estreia-se hoje no Grupo C com um embate frente ao poderoso Manchester City, de Guardiola. O cartaz promete e o F. C. Porto tem uma nova oportunidade de quebrar um irritante jejum de nunca ter conseguido vencer em terras de Sua Majestade. E já lá vão 20 jogos..

Se o dinheiro falasse, o F. C. Porto nem precisava de entrar em campo e podia poupar uns milhares de euros na deslocação a Manchester. Isto porque o plantel dos citizens, segundo o site Transfermarkt, vale três vezes mais que o grupo sob o comando de Sérgio Conceição. O City está avaliado em mais de mil milhões (ver quadro ao lado), enquanto o F. C. Porto fica-se pelos 253 milhões.

Sterling (128 milhões) e o belga De Bruyne (120 milhões), que hoje falha a partida, por lesão, valem quase pelo plantel completo do F. C. Porto. Dá que pensar. Do onze que Guardiola deverá apresentar hoje em campo, o português João Cancelo, avaliado em 36 milhões, é o jogador mais barato do City. E mesmo assim, o futebolista mais acessível do City está acima do craque mais bem cotado do F. C. Porto, o mexicano Tecatito Corona, que está avaliado em 30 milhões.

O investimento para esta época é mais uma demonstração de David e Golias ou de uma luta entre milhões e migalhas. O Manchester City gastou 163 milhões em reforços, enquanto o F. C. Porto investiu apenas 11,5 milhões. Uma diferença colossal de 151,5 milhões. Rúben Dias, ex-Benfica, foi o reforço mais caro dos citizens, por 68 milhões. Evanilson, ex-Fluminense, foi o que implicou mais esforço financeiro dos dragões: 7,5 milhões. É com estas diferenças de orçamento e sem público que o F. C. Porto vai procurar contrariar o favoritismo do City, que venceu (1-0) o Arsenal, na última jornada da Premier League, e prossegue a retoma no campeonato, onde ocupa atualmente o 11.º lugar.

Loum pode ser surpresa

PUB

O F. C. Porto está em modo Champions e Conceição deve mudar o chip na equipa que empatou (2-2) em Alvalade. O senegalês Loum poderá ser a novidade na equipa e, nesse caso, Díaz será sacrificado, funcionando como arma secreta. Uma aposta para acabar com o ciclo negro em Inglaterra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG