Modalidades

Marcelo afirma que "o futsal pode ser inspirador para todo o país"

Marcelo afirma que "o futsal pode ser inspirador para todo o país"

Seleção de futsal foi recebida no Palácio de Belém na manhã desta segunda-feira e ouviu todos os elogios de Marcelo Rebelo de Sousa, que espera mais títulos até 2024.

Pela segunda vez em menos de meio ano, a seleção portuguesa de futsal foi recebida no Palácio de Belém para festejar mais um troféu internacional. Depois da conquista inédita do Mundial, em 2021, Jorge Braz e o resto da equipa voltaram a ouvir elogios e agradecimentos de Marcelo Rebelo Sousa. "O futsal pode ser inspirador para todo o país", disse.

"Estes troféus não caem do céu. Fernando Gomes soube esperar e acreditar em Jorge Braz quando os títulos não apareciam e isso não é muito português. Mas fomos muitos portugueses em sermos heroicos nos momentos cruciais. O futsal é um bom exemplo para o país", acrescentou o presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa destacou, primeiro, Fernando Gomes, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, que "tem feito a diferença".

"Nos seus mandatos, conquistamos tantos títulos europeus e mundiais como no resto da história da FPF. Criou um espírito de família e soube escolher as pessoas certas. Acreditamos que até 2024 nos vai trazer mais títulos", salientou.

Também Jorge Braz, o selecionador, mereceu especial apreço do presidente da República. "De facto, é uma pessoa muito especial. Parece distante, às vezes ausente, mas não perde um pormenor daquilo que se passa. Sabe formar e alimentar o espírito de equipa"

PUB

Quando foi dono da palavra, Fernando Gomes salientou a repetição da presença no Palácio de Belém.

"É o 14.º troféu que lhe trago a si, presidente. É sempre um gosto trazer mais um troféu. Não se ganha sempre, mas é nas derrotas que conseguimos criar as condições para nos tornarmos mais fortes e a partir daí conseguir vitórias. Antes de 2018, esta seleção perdia quase sempre, mas conseguimos dar à volta", destacou o presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

O dirigente enfatizou "o espírito deste grupo fantástico", frisando "a união, a garra, a dedicação, o talento e a capacidade psíquica fora do normal", antes de colocar o selecionador Jorge Braz no pedestal: "Com a capacidade de organização e de liderança que tem, conseguiu colocar o futsal português no patamar de excelência no panorama desportivo mundial".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG