Desporto

Marco Silva considera clássico importante, mas não decisivo

Marco Silva considera clássico importante, mas não decisivo

Na estreia em clássicos frente ao F. C. Porto, Marco Silva, técnico do Sporting, assumiu, na tarde desta quinta-feira, em Alcochete, não conceder qualquer carácter decisivo ao encontro de sábado, apesar da diferença de pontos para a liderança da Liga.

"Tem uma importância grande, não só em face dos pontos, mas pelo impacto que tem somar três num confronto destes. Mas, não parece que um jogo à sexta jornada tome carácter decisivo. É precoce entrar por esse caminho", sublinhou o responsável do Sporting

Os leões não perdem com o rival, em Alvalade, desde 2008, mas a vantagem estatística não altera a forma de pensar da equipa, nem o facto do oponente vir de dois empates na Liga o prejudica.

"O F.C. Porto vale pelo seu coletivo. Não tememos nada. Respeitamos o nosso adversário, mas essa palavra (medo) não entra no nosso balneário.

Não me parece de todo estejam mais pressionados que nós. Quando o embate começa não se pensa nisso", acentuou.

No plano estratégico escondeu o jogo. Jefferson regressa após castigo e João Mário é uma forte hipótese no onze titular. Mas, o responsável adiou para sábado a resposta a essas dúvidas.

Outras Notícias