Seleção

Mário Rui em treino limitado, André Gomes ainda não chegou

Mário Rui em treino limitado, André Gomes ainda não chegou

O defesa Mário Rui voltou esta quinta-feira a trabalhar com limitações, num treino da seleção portuguesa de futebol em que ainda não esteve presente André Gomes, jogador que foi chamado de madrugada para render o lesionado William Carvalho.

Na Cidade do Futebol, em Oeiras, na última sessão antes do embate de sexta-feira com o Luxemburgo, de qualificação para o Euro2020, Mário Rui continuou à parte do grupo e esteve sempre na companhia do fisioterapeuta António Gaspar, nos primeiros 15 minutos.

O lateral esquerdo, que já chegou lesionado do Nápoles, deverá mesmo falhar o jogo do Grupo B, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

De regresso às opções de Fernando Santos, desta vez devido à indisponibilidade de William Carvalho, André Gomes falhou o apronto, por ainda estar em viagem entre Inglaterra e Portugal, e só deverá juntar-se à comitiva lusa durante a hora de almoço.

Nos primeiros 15 minutos da sessão, o selecionador Fernando Santos, que celebra hoje 65 anos de idade, dividiu os jogadores de campo em dois grupos, durante os habituais exercícios de aquecimento, sempre com a presença da bola.

Os guarda-redes, como é habitual, aqueceram à parte.

Depois do treino desta manhã, às 12:45, o selecionador nacional e um jogador ainda a designar irão fazer, em conferência de imprensa, a antevisão do duelo com o Luxemburgo, igualmente na Cidade do Futebol.

Os campeões europeus recebem o Luxemburgo, num jogo com início marcado para as 19:45, e deslocam-se a Kiev na segunda-feira, para defrontar a Ucrânia, que lidera o Grupo B.

Em caso de vitória nos dois jogos, e se a Sérvia não vencer na Lituânia, também no dia 14, Portugal garante logo um lugar na fase final do próximo Europeu e mantém-se na luta pelo primeiro lugar do grupo com os ucranianos.

A Ucrânia lidera o Grupo B com 13 pontos, seguido de Portugal, que tem oito, mas menos um jogo. A Sérvia é terceira, com sete, à frente do Luxemburgo, que tem quatro, e da Lituânia, com um.