O Jogo ao Vivo

Futebol

Mário Silva: "Foi uma vitória justa" do Rio Ave

Mário Silva: "Foi uma vitória justa" do Rio Ave

Mário Silva, treinador do Rio Ave, salientou esta quinta-feira que a equipa ganhou "de forma justa" o duelo com os bósnios do FK Borac, da segunda pré-eliminatória da Liga Europa.

Em declarações no final do jogo, na Bósnia Herzegovina, após o triunfo, por 2-0, com os golos de Tarantini (90) e Jambor (90+6), o técnico dos vila-condenses, que fez a estreia no comando da equipa, notou uma evolução do conjunto ao longo do desafio.

"Foi uma vitória justa. Dominámos todo o jogo, apesar de não termos feito uma boa primeira parte, em que ficámos aquém do que era o nosso objetivo. Mas, na segunda parte, a equipa cresceu e melhorou, e o adversário, que já tinha nove jogos oficiais, acabou por quebrar, porque o nosso domínio foi grande", analisou Mário Silva.

O treinador do Rio Ave confessou que gostaria que a equipa tivesse resolvido o jogo mais cedo, mas ficou "satisfeito" com a prestação dos jogadores. "Às vezes, marcando um golo cedo, as coisas tornam-se mais fáceis. Se tivesse surgido antes [o golo], talvez tivéssemos mais espaço para explorar, até porque o adversário teria de arriscar. Mas é o nosso primeiro jogo oficial, e estou muito satisfeito com os jogadores, que começaram a trabalhar há um mês", partilhou o técnico.

Mário Silva reconheceu algum "nervosismo" pessoal nesta estreia à frente da equipa, numa partida em que "não havia margem de erro", mas, no final, vincou que a prestação do grupo "só pode deixar otimismo para o futuro".

"Os jogadores responderam de forma espetacular. Foi um jogo muito positivo, demonstraram que o trabalho feito nestas semanas deu frutos, e que em termos físicos estão num nível alto", desabafou.

Agora, as ambições europeias do Rio Ave passam pelo duelo da terceira pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga Europa, na próxima quinta-feira, na deslocação à Turquia para defrontar o Besiktas, num embate que ainda não tem a total atenção de Mário Silva.

"Antes, e dentro de dois dias, temos um jogo difícil em Tondela, para o campeonato, em que queremos entrar bem. Vamos ter de fazer uma gestão da equipa, fazendo descansar uns e dar oportunidades a outros. Será bonito defrontar o Besiktas, e é mais um momento para os atletas desfrutarem desta oportunidade que conseguiram", disse o treinador.

A comitiva vila-condense vai ainda pernoitar na Bósnia Herzegovina, tendo o regresso a Portugal agendado para sexta-feira de manhã, para iniciar a preparação ao desafio com o Tondela, de domingo, na jornada inaugural da Liga.

Outras Notícias