Liga Europa

Máscara e distanciamento. PSP faz apelo ao público do jogo Braga-AEK

Máscara e distanciamento. PSP faz apelo ao público do jogo Braga-AEK

O jogo de futebol entre as equipas do SC Braga e do AEK, de Atenas, para a Liga Europa, a realizar quinta-feira no Estádio Municipal de Braga, terá 4500 espetadores, mas sem a presença de claques, disse, esta quarta-feira, em Braga, o comissário Fernando Rabaldinha do Comando Distrital da PSP.

O responsável adiantou que, até agora, não foi detetada a presença de adeptos gregos na cidade, o que se deve, por certo, à proibição determinada pela UEFA, de acompanhamento das equipas, em qualquer jogo europeu, por sócios ou aficionados.

A PSP salientou, em conferência de imprensa, que "este será o primeiro jogo com público, em Portugal continental", pelo que apelou ao cumprimento das regras da Direção-Geral de Saúde, no que toca ao uso de máscaras, ao distanciamento social e à permanência nos lugares que estão atribuídos a cada um dos espectadores.

Sublinhou que será proibida a entrada de tarjas e bandeiras de grandes dimensões, bem como de megafones, bombos ou gaitas, e que, no interior do estádio haverá regras a cumprir, asseguradas por uma firma privada e pela própria Polícia, neste caso no que toca a aspetos de segurança pública.

O acesso ao estádio - que terá três bancadas abertas, a nascente e a poente inferiores e a poente superior -, será feito a partir de três portões exteriores: um na Alameda, e dois outros, na rua de São Martinho e na estrada com o mesmo nome.

No que toca às claques, fonte ligada ao processo disse ao JN que, o SCBraga tem apenas duas claques organizadas, ambas femininas, não estando as duas masculinas inscritas na Autoridade Contra a Violência no Desporto: "vão ter de pagar bilhete e não poderão fazer ajuntamentos".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG