Sporting

Matheus diz não ao Brasil e sim às quinas

Matheus diz não ao Brasil e sim às quinas

Leões já informaram a federação brasileira que o médio não se vai apresentar na seleção. Portugal é a escolha

A SAD leonina já informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que Matheus Nunes não se vai apresentar na concentração do "escrete", que prepara os jogos de apuramento para o Campeonato do Mundo de 2022. Além de não ter a vacinação completa contra a covid-19 - o que obrigaria a uma quarentena no regresso a Portugal -, a convocatória anunciada por Tite foi feita fora do prazo legal (a chamada do jogador leonino foi para substituir os atletas brasileiros que atuam em Inglaterra) e o JN sabe que a vontade do futebolista é ser internacional português.

Segundo apurou o nosso jornal, a nega dada pelo Sporting à CBF teve o acordo total do jogador, que quer estar às ordens de Ruben Amorim para o clássico com o F. C. Porto, da quinta jornada do campeonato e que está marcado, inicialmente, para o dia 12 de setembro, muito em cima do último jogo da seleção brasileira. Além disso, Matheus Nunes, nascido no Rio de Janeiro, vive em Portugal desde os 12 anos e dá prioridade a representar a equipa das quinas, situação que já foi, aliás, abordada por Fernando Santos.

Durante o anúncio da última convocatória, o selecionador nacional admitiu que o médio que o Sporting contratou ao Estoril em 2018/19 fez parte da lista de 40 pré-convocados e que poderia vir a ser chamado muito em breve. Essa eventualidade não se poderia tornar real caso fosse utilizado na seleção brasileira. Segundo as regras da FIFA, um atleta só pode jogar por dois países diferentes, caso o faça em escalões diferentes, como por exemplo nos sub-21 e numa seleção principal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG