Fórmula 1

Max Verstappen renova pela Red Bull até 2023

Max Verstappen renova pela Red Bull até 2023

O holandês Max Verstappen vai continuar a correr pela Red Bull Racing, tendo renovado contrato até 2023. "O melhor está para vir", escreveu, na rede social Twitter, o piloto, de 22 anos, que foi o terceiro classificado no Mundial de Fórmula 1 de 2019.

"Muito orgulhoso e feliz por a Red Bull Racing continuar a ser a minha casa até 2023. O nosso objetivo é lutar pelo título mundial", assinalou ainda Max Verstappen, que se estreou na Fórmula 1, seguindo as pisadas do pai, Jos Verstappen, em 2015, no Grande Prémio da Austrália. Então com 17 anos e 166 dias, o holandês tornou-se no mais jovem piloto de sempre a participar numa corrida de Mundial de F1. Ele que na segunda presença - Malásia - conseguiu levar o Red Bull aos pontos, ao terminar em sétimo, passando a ser também o piloto mais novo a pontuar no Mundial (17 anos e 180 dias).

Verstappen iniciou a época de 2016 na Toro Rosso - a quem deu os primeiros pontos de sempre ao terminar no sexto lugar o Grande Prémio do Bahrein -, mas foi resgatado pela Red Bull e não podia ter melhor estreia, já que ganhou logo o Grande Prémio de Espanha, a primeira das oito vitórias que tem no currículo. O triunfo em terras espanholas valeu-lhe outro recorde, o de mais jovem piloto de sempre a ganhar uma corrida de F1 - 18 anos e 288 dias. Terminaria o Mundial de 2016 no quinto lugar, com 204 pontos.

O piloto holandês cumpriu as três épocas seguintes ao serviço da Red Bull Racing, alcançando mais sete triunfos (2 em 2017, 2 em 2018 e 3 em 2019). No último ano, Verstappen conseguiu as primeiras pole position (2) da carreira, estabeleceu três voltas mais rápidas e acabou o campeonato no último lugar pódio, com 278 pontos, atrás dos Mercedes do hexacampeão Lewis Hamilton (413 pontos) e do vice Valtteri Bottas (326).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG