Futebol

Mbappé e Lewandowski contra o Mundial de dois em dois anos

Mbappé e Lewandowski contra o Mundial de dois em dois anos

Os craques de PSG e de Bayern Munique não concordam com a intenção da FIFA. "O Mundial é algo fantástico porque, se calhar, só o podes jogar uma vez na vida".

A FIFA está a fazer o possível e o impossível para acabar com os Campeonatos do Mundo de futebol de quatro em quatro anos e transformá-los em eventos de dois em dois anos. Nos últimos dias, Gianni Infantino, presidente da entidade mais poderosa do futebol mundial, chegou a mostrar estudos que, supostamente, provam que essa é a vontade dos adeptos mais jovens, mas a ideia está longe de ser consensual, principalmente entre jogadores e treinadores.

Esta segunda-feira, Mbappé e Lewandowski juntaram-se ao outro lado da barricada e mostraram-se contra as intenções da FIFA, embora com argumentos diferentes.

"Não sou fã da ideia de haver Mundial de dois em dois anos. Já temos tantos jogos, tantas semanas difíceis... Os jogadores precisam de descanso", disse o avançado polaco do Bayern Munique.

Já o internacional francês, defende que o Mundial é especial precisamente por ser jogado de quatro em quatro anos. "Se passar a ser disputado de dois em dois anos, torna-se algo normal. O Mundial é algo fantástico porque, se calhar, só o podes jogar uma vez na vida", salientou Mbappé, durante os Globe Soccer Awards, no Dubai, onde foi distinguido como o melhor jogador de 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG