Desporto

Meias-finais da Liga Europa mostram evolução do futebol português

Meias-finais da Liga Europa mostram evolução do futebol português

Rui Águas jogou no Benfica e no F. C. Porto e ainda foi treinador adjunto do Braga. O ex-avançado integrou os quadros de três equipas que, quinta-feira, disputam as meias-finais da Liga Europa. O Benfica recebe o Braga, o F. C. Porto o Villarreal.

Jogou no Benfica e noF. C. Porto e foi adjunto de JesualdoFerreira no Braga. O que significa para si estas três equipas estarem nas meias-finais da Liga Europa?

Significa que houve uma evolução. É a prova de que o futebol português, em comparação com outras áreas de actividade, consegue ser competitivo. Isso é fruto do trabalho, da organização, das infra-estruturas e, claro, também é mérito de quem lidera os clubes.

PUB

Na eliminatória com o Villarreal, concorda que o F. C. Porto seja favorito?

Sim, embora não seja um favorito absoluto. O F. C. Porto está num plano superior, tendo em conta a época espectacular que está a fazer, mas tem de confirmá-lo, porque o Villarreal também já provou estar a atravessar um bom momento. No entanto, o F. C. Porto a jogar bem e estando inspirado é favorito.

No confronto entre o Benfica e oBraga, o peso histórico e a experiência podem ser determinante?

Normalmente, conta. Mas o Benfica está a atravessar uma fase muito peculiar, vive um certo desgaste e tem jogadores lesionados. Em condições normais, até em função da experiência internacional, o Benfica seria ligeiramente favorito. Sendo assim, tendo em conta as circunstâncias, o Braga terá mais condições para equilibrar a eliminatória.

Tem uma passagem ligada aos três clubes.Quem gostaria de ver na final da Liga Europa?

Não vou dizer. Mas espero que sejam duas equipas portuguesas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG