Futebol

Mendy declara-se inocente das acusações de crimes sexuais perante justiça britânica

Mendy declara-se inocente das acusações de crimes sexuais perante justiça britânica

O futebolista internacional francês declarou-se, em tribunal, inocente das sete acusações de violação, uma de tentativa de violação e uma de abuso sexual pelas quais está a ser investigado pela justiça britânica.

No tribunal de Chester, no noroeste de Inglaterra, Mendy repetiu várias vezes a palavra "inocente", negando qualquer culpa nos nove crimes de que está acusado por seis mulheres, e que terão sido cometidos entre outubro de 2018 e agosto de 2021, na sua casa, em Prestbury.

Depois de vários meses em prisão preventiva, Mendy, campeão mundial em 2018, foi colocado sob supervisão judicial em meados de janeiro passado, e deverá começar a ser julgado em 25 de julho.

Mendy, que começou a carreira no Le Havre, passou pelo Marselha e, depois de uma época no Mónaco, tornou-se, em 2017, o defesa mais caro da história, quando o Manchester City pagou 60 milhões de euros pelo seu passe.

Em agosto passado, o Manchester City, clube no qual alinham os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, suspendeu o internacional francês, de 27 anos, sem dar qualquer explicação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG