Mundial de 2014

Messi aproxima Argentina do Mundial2014, com golo no Chile

Messi aproxima Argentina do Mundial2014, com golo no Chile

O argentino Lionel Messi "aproximou" terça-feira a Argentina da fase final do Mundial de 2014, ao marcar o golo inaugural no triunfo no Chile (2-1), na 10.ª jornada da zona sul-americana de qualificação.

O jogador do FC Barcelona marcou, aos 29 minutos, o primeiro golo do conjunto "albi-celeste", que passou a somar mais oito pontos do que o grupo do quarto ao sexto (Venezuela, Uruguai e Chile).

Gonzalo Higuain, jogador do Real Madrid, apontou, aos 31 minutos, o outro tento dos argentinos, que contaram no "onze" com o central benfiquista Garay, enquanto Felipe Gutierrez apontou o golo chileno, já nos descontos.

A Argentina tem agora com 20 pontos, em nove jogos, contra 17 do Equador, segundo, e 16 da Colômbia, terceira, com menos um encontro disputado.

Com o tento em Santiago do Chile, Messi aumentou a sua contagem pessoal de golos pela da Argentina para 31, sendo que 12 foram conseguidos em 2012, em apenas oito encontros, cinco dos quais de qualificação para o Mundial.

Nos embates disputados este ano, o "10" apenas ficou em "branco" no Peru, a 12 de setembro, num embate que terminou empatado a um golo.

De resto, Messi logrou dois "hat-tricks", nos particulares com Suíça (3-1) e Brasil (4-3), um "bis", na receção ao Uruguai (3-0), e um tento face a Equador (4-0), na Alemanha (3-1) e com o Paraguai (3-1).

Com o tento ao Chile, o melhor jogador do Mundo da atualidade aproximou-se também do pódio do "ranking" dos melhores marcadores da história da seleção argentina, ficando a escassos três golos de... Diego Armando Maradona.

Messi, que soma conta 73 internacionalizações, contra 91 de Maradona, está ainda atrás de Hernan Crespo (segundo, com 35 golos) e Gabriel Batistuta ("rei", com 56).

No que respeita às eliminatórias de apuramento para o Mundial, Messi é o líder dos marcadores sul-americanos, com oito golos, os mesmos do compatriota Higuain.

Em relação aos outros encontros da 10.ª jornada sul-americana, destaque para a Bolívia, que goleou em casa o Uruguai por 4-1, com três golos de Carlos Saucedo, sendo que os forasteiros, que contaram com Maxi Pereira até aos 36 minutos, só marcaram perto do fim, por Luis Suarez.

Os bolivianos passaram a somar oito pontos, os mesmos do Peru, que perdeu por 1-0 no Paraguai - agora com sete -, vencedor com um tento de Pablo Aguilar.

Por seu lado, o Equador somou mais um precioso ponto, graças a um tento de Segundo Castillo (24 minutos), em resposta a um "golão" de Juan Arango (seis), que colocara a anfitriã Venezuela na frente do marcador.

Após a primeira ronda da segunda volta, Argentina (20 pontos), Equador (17), Colômbia (16) e Venezuela (12) estão em posição de qualificação, e o Uruguai (12) de "play-off", sendo que, a acabar agora, ficariam de fora Chile (12), Bolívia (oito), Peru (oito) e Paraguai (sete).

A próxima ronda, a 11.ª, na qual folga o Equador, está marcada apenas para 2013, mais precisamente para 22 de março.

Outras Notícias