Desporto

Messi explica porque não escolheu Ronaldo para melhor jogador do mundo

Messi explica porque não escolheu Ronaldo para melhor jogador do mundo

O avançado argentino Lionel Messi, do FC Barcelona, assegurou, esta segunda-feira, que 2012 não foi o seu melhor ano uma vez que privilegia o êxito coletivo ao êxito individual.

"Eu não acho que tenha sido o meu melhor ano porque eu sempre disse que prefiro ganhar títulos com a equipa e o Barcelona já ganhou mais do que no ano passado", afirmou o jogador na conferência de imprensa que antecede a gala de entrega dos prémios FIFA de 2012.

Vencedor das últimas três edições da Bola de Ouro, Lionel Messi falou também sobre Cristiano Ronaldo e do facto de não o ter incluído nas suas escolhas para o melhor do mundo (tendo optado pelos colegas de equipa Xavi e Iniesta e pelo compatriota Sérgio Aguero), garantindo que não é uma questão pessoal.

PUB

"Eu não tenho nada contra o Ronaldo. Nós não somos um contra o outro. Simplesmente faço tudo que posso para ajudar os meus colegas de equipa", concluiu o jogador.

Vencedor da Bola de Ouro nas duas últimas três edições, Messi concorre para novo prémio com o colega de equipa Andres Iniesta e Cristiano Ronaldo.

Numa corrida mais equilibrada para o prémio de Melhor Treinador, o espanhol Vicente Del Bosque reúne algum favoritismo por ter levado a Espanha a novo título Europeu, enquanto José Mourinho apresenta o título espanhol ao serviço do Real Madrid como principal referência.

Para prémio de melhor treinador está também nomeado Pep Guardiola, que deixou no final da última época o FC Barcelona para cumprir uma temporada sabática.

Além dos prémios para melhor jogador e melhor treinador, a Gala da Bola de Ouro FIFA, que vai decorrer no Kongresshaus de Zurique, a partir das 17:45, servirá para consagrar a melhor futebolista e o melhor técnico no setor feminino, o melhor "onze", e para a distinção do "Fair Play" e do prémio presidencial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG