O Jogo ao Vivo

Desporto

"Ronaldo é um avançado predador", diz Messi

"Ronaldo é um avançado predador", diz Messi

Lionel Messi concedeu uma entrevista a um jornal espanhol, onde falou de Cristiano Ronaldo, abordou o regresso de Neymar e ainda comentou a questão da saída do Barcelona.

Messi e o Barcelona têm sido alvo de muitas polémicas nos últimos tempos. O clube esteve envolvido num alegado esquema nas redes sociais, que tinha como objetivo difamar vários jogadores e a oposição à Direção liderada por Josep Maria Bartolomeu.

O diretor desportivo, Eric Abidal, afirmou numa entrevista que os jogadores foram os responsáveis pelo despedimento do antigo treinador Ernesto Valverde, e acusou-os de não se esforçarem nos treinos.

"Não sei o que lhe passou pela cabeça para dizer isso, respondi porque me senti atacado. Dizem muitas coisas sobre mim, que despeço treinadores e escolho quem joga... e incomodou-me que uma pessoa do clube dissesse isso. Por isso é que esclareci as coisas, não podia deixar que o diretor desportivo me atacasse dessa maneira", afirmou o argentino, numa entrevista concedida ao jornal "Mundo Deportivo".

Questionado acerca do rendimento do Real Madrid sem Cristiano Ronaldo, Messi referiu que o clube perdeu muitos golos. Acredita que é normal que o rendimento seja diferente, visto que Cristiano é um jogador que oferece à equipa 50 golos por época, e que o Real Madrid iria sentir a falta desses golos.

"É normal que continue a marcar, é um avançado predador, marca golo em qualquer dia que jogue. Tem muitas coisas boas como avançado", comentou Messi, acerca do rendimento atual de Cristiano Ronaldo.

PUB

A saída de Neymar do Barcelona em 2017 foi um tema muito abordado. O brasileiro era uma das estrelas do clube e do futebol mundial e especulava-se que queria abandonar a equipa para conquistar uma Bola de Ouro, fora da sombra de Messi.

Porém, este verão, a saída de Neymar do Paris Saint-Germain foi um dos rumores mais fomentados pela comunicação social internacional. O jogador chegou a expressar a sua vontade em regressar ao Barcelona, mas esta é uma transferência complicada devido a cláusulas e a questões salariais.

"Digo-o muitas vezes: a nível desportivo, Neymar é um dos melhores do mundo e gostava que voltasse. É uma pessoa muito alegre, está sempre contente e divertia muito dentro e fora de campo. Ele está com muita vontade de voltar, sempre se mostrou arrependido. Ele fez muito para regressar e isso é o primeiro passo para conseguir", referiu o astro argentino.

Depois da polémica com Abidal, foi muito especulada uma possível saída de Messi do Barcelona. O argentino tem uma cláusula no seu contrato que lhe permite sair a custo zero no final de cada temporada. Muitos clubes, obviamente, mostraram-se recetivos para a chegada de Messi a outro país.

"Eu já disse muitas vezes que a minha ideia é ficar no Barcelona. Se o clube e as pessoas quiserem que eu continue aqui, eu vou continuar aqui. Em muitos momentos tive a possibilidade de sair e havia muitos clubes interessados que estavam dispostos a pagar a minha cláusula de rescisão. Mas em momento algum me passou pela cabeça sair e muito menos agora", esclareceu.

Messi expressou que deseja voltar a conquistar a Liga dos Campeões. Referiu que desde que venceu a última, em 2015, tem muita vontade de voltar a desfrutar do troféu, principalmente por o Barcelona o ano passado ter estado muito próximo da final.

O jogador do Barcelona também comentou as declarações que fez quando venceu a sexta Bola de Ouro. O argentino referiu, na altura, que a retirada estava mais próxima.

"A realidade é que vamos celebrando aniversários e nunca se sabe. Mas sinto-me muito bem, melhor que em anos anteriores, a nível físico estou muito bem. Veremos se até aos 40", finalizou.

Outras Notícias