Futebol

Messi: "Fiquei um pouco magoado quando Cristiano Ronaldo me apanhou"

Messi: "Fiquei um pouco magoado quando Cristiano Ronaldo me apanhou"

O jogador argentino, vencedor da última Bola de Ouro, a sexta da carreira, admitiu esta terça-feira que lhe custou ver Cristiano Ronaldo somar o mesmo número de prémios.

Cristiano Ronaldo vs. Messi. Uma disputa e reinado que dura há mais de uma década, dentro e fora dos relvados, e que na segunda-feira conheceu um novo capítulo: o jogador argentino arrecadou a sexta Bola de Ouro e ultrapassou o português, que se mantém com cinco. E não foi apenas nesta categoria que o camisola sete da seleção nacional foi ultrapassado. Em setembro, Messi já havia vencido o "The Best", somando o sexto troféu de melhor jogador do mundo, também contra cinco do avançado da Juventus.

Relativamente ao prémio da France Football, o jogador do Barcelona admitiu que, há dois anos, lhe custou ver CR7 a igualar as mesmas cinco Bolas de Ouro, defendendo porém, que o craque português mereceu os prémios que conquistou.

"Desfrutei quando consegui cinco Bolas de Ouro e ainda para mais sendo o único. Quando Cristiano me igualou, admito que me doeu um pouco. Já não estava sozinho lá em cima. Tinha sentido que era bom enquanto era o único com cinco. Como equipa, o Barcelona não conseguiu o maior objetivo que era ganhar a Liga dos Campeões, que é o que te dá mais possibilidades de ganhar a Bola de Ouro. Quando Cristiano Ronaldo ganhou foi porque fez grandes temporadas ganhando a Champions e sendo decisivo. Foi merecido e eu não tinha nada a fazer", começou por dizer em entrevista à France Football, abordando ainda a possibilidade de deixar o clube catalão, onde jogou toda a carreira.

"Todos os anos tem existido essa possibilidade. Muitos clubes abriram-me as portas, mas eles sabem que a minha vontade é clara. Todos os anos me sondam para saber o meu estado de espírito e se quero sair. Que clubes? Isso pouco importa. Recebo propostas de todos os lados, mas nem reflito sobre elas", concluiu.