Rio Ave

Miguel Cardoso: "O resultado não tem discussão"

Miguel Cardoso: "O resultado não tem discussão"

O treinador do Rio Ave referiu que era "importante" marcar um golo na primeira parte e garantiu que a equipa de Vila do Conde vai defrontar a última jornada com o Nacional "como se estivesse um troféu em disputa".

"Optámos por uma estratégia no sentido de ganharmos alguma consistência e as coisas funcionaram. Fizemos uma boa primeira parte, sabendo as mais valias do adversário. Criámos três ou quatro momentos na primeira parte em que podíamos ter marcado. Temos tido muita dificuldade em marcar e, hoje, voltou a acontecer isso. O F. C. Porto entrou muito bem na segunda parte e fez um golo quando estava por cima no jogo. O resultado não tem discussão", começou por dizer Miguel Cardoso.

O Rio Ave, que somou a terceira derrota consecutiva, caiu para o 16.º lugar - posição de play-off com o terceiro classificado da II Liga -, com os mesmos 31 pontos do Farense, 17.º, e menos dois do que o Boavista, primeira equipa acima da zona de despromoção. Por isso, o técnico dos vila-condenses garantiu que o jogo com o Nacional será "uma final".

"Os resultados são o que são, sabíamos a final seria sempre na última jornada. Demos uma resposta boa, mas não conseguimos materializar. Era muito importante marcarmos na primeira parte. Vamos à final, encará-lo como o jogo mais importante que disputámos. Infelizmente, temos de o jogar, mas vamos fazê-lo. Não importa o que está por trás, vamos jogar com o Nacional como se estivesse um troféu em disputa", concluiu.

O F. C. Porto venceu (3-0), este sábado, o Rio Ave, em Vila do Conde, na 33.ª jornada da Liga. Toni Martinez, Luis Díaz e Sérgio Oliveira marcaram os golos dos azuis e brancos que garantiram uma vaga na Liga dos Campeões.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG