Motociclismo

Miguel Oliveira foi o mais rápido no segundo dia de testes privados

Miguel Oliveira foi o mais rápido no segundo dia de testes privados

O português Miguel Oliveira (KTM) concluiu o segundo dia de testes privados para o Campeonato do Mundo de MotoGP, em motociclismo, como o mais rápido no circuito de Misano, em Itália.

O piloto de Almada gastou 1.32,913 minutos na melhor volta, segundo a cronometragem oficiosa do circuito, tendo sido o único piloto em pista a conseguir rodar no segundo 32, num traçado com asfalto renovado. O italiano Michele Pirro, numa Ducati, foi o segundo mais rápido, mas a duas décimas de segundo do português, que em 2019 fez a melhor volta de qualificação em 1.34,162.

"Continuámos o progresso tanto nos tempos por volta, como no trabalho que começámos ontem [terça-feira]. A nível de afinações, experimentámos soluções diferentes que nos permitissem ganhar velocidade. Fechamos estes dois dias com sensações muito positivas", começou por dizer Miguel Oliveira.

Depois de três meses de paragem, o luso admite que estes dois dias de testes permitiram aumentar os índices de confiança antes do arranque do Campeonato, a 19 de julho, em Jerez de la Frontera, em Espanha.

"É um grande privilégio andar em Misano antes de começar o campeonato, o que nos permite entrar na primeira corrida com outra confiança. Da minha parte, voltei à minha rapidez normal com grande velocidade. A equipa ficou contente, eu também", sublinhou.

Esta bateria de testes continua na quinta-feira, mas o piloto português já não irá estar em pista.

Outras Notícias