Real Madrid

Mourinho celebra com vitória o 600.º jogo como treinador principal

Mourinho celebra com vitória o 600.º jogo como treinador principal

O português José Mourinho celebrou com um triunfo caseiro (2-0) sobre o Valência, na primeira "mão" dos quartos de final da Taça do Rei, o seu 600.º jogo como treinador principal de futebol.

A cumprir a 13.ª temporada como responsável máximo, o atual técnico do Real Madrid somou a 406.ª vitória, à qual junta 119 empates e 75 derrotas, com 1220 golos marcados e 470 sofridos.

Mourinho estreou-se a 23 de setembro de 2000, no Estádio do Bessa, no Porto, onde o "seu" Benfica perdeu por 1-0 com o Boavista, em encontro da quinta jornada do campeonato nacional de futebol de 2000/2001.

Contratado ao FC Barcelona, clube em que era adjunto de Louis van Gaal, pelo então líder dos "encarnados", João Vale e Azevedo, para substituir o alemão Jupp Heynckes, Mourinho só chegaria ao primeiro triunfo quase um mês depois (1-0 ao Belenenses, a 15 de outubro).

Foi a primeira de seis vitórias pelos "encarnados", que comandou em apenas 11 jogos. Na época seguinte, rumou à União de Leiria (nove triunfos, em 20 encontros), na qual só esteve meio ano, sendo, então, contratado pelo F.C. Porto.

Nos "dragões" conquistou seis títulos em duas épocas e meia e um total de 91 vitórias, em 127 jogos, merecendo destaque as vitórias na Taça UEFA (2002/2003), selada ao seu 100.º jogo como treinador (3-2 após prolongamento ao Celtic, em Sevilha) e na Liga dos Campeões (2003/2004).

Pela mão do milionário russo Roman Abramovich, rumou, depois, ao Chelsea, clube no qual permaneceu pouco mais de três épocas, juntando ao currículo mais seis títulos, alicerçados em 124 triunfos, em 185 jogos.

PUB

Ao comando dos ingleses, "Mou" venceu tudo internamente, falhando apenas na "Champions", que voltou a arrebatar pelo Inter de Milão, em apenas duas épocas e um total de 108 encontros, nos quais somou 67 vitórias.

Destaque para a segunda época (2009/2010), em que técnico luso logrou o "triplete", ao juntar à Liga dos Campeões o campeonato e a Taça de Itália, o que lhe valeu o troféu de melhor treinador do ano da FIFA.

Em 2010/2011, Mourinho rumou ao Real Madrid. Somou, esta terça-feira, o seu 149.º, com 109 vitórias, 22 empates e 18 derrotas.

Pelos "merengues", já venceu três troféus, aumentando a sua contabilidade para 20: ganhou a Taça do Rei na primeira época, a Liga espanhola na segunda (2011/2012) e a Supertaça espanhola na presente (2012/2013).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG