Desporto

Mourinho diz que há uma campanha contra si em Espanha

Mourinho diz que há uma campanha contra si em Espanha

José Mourinho admitiu que há uma campanha contra si em Espanha e diz que devia ter vivido há cem anos, "num tempo em que as pessoas eram menos hipócritas".

"Ao contrário de outros países onde treinei, aqui sinto que estão a fazer uma campanha contra mim. Um amigo chegou a dizer-me que, com as pedras que me lançam, conseguia construir um monumento", ironizou o técnico do Real Madrid, em entrevista ao jornal espanhol "El Mundo".

José Mourinho que, desde os incidentes frente ao Barcelona, no final da Super Taça Espanhola, tem sido muito criticado, garante que sempre disse o que pensa, "sem medo das consequências", e será por isso que "muitas pessoas" não lhe perdoam.

Depois de ter circulado o rumor de que Mourinho estaria interessado em abandonar o clube madrileno, o treinador português reforçou que está "no sítio certo" e que não troca o cargo "por nada".

Segundo Mourinho, nos dias de hoje "muito poucas pessoas têm a verdade como princípio fundamental, não hipócrita", algo que existiu "no tempo dos nossos avós e dos nossos bisavós".

"Agora, é precisamente ao contrário: as pessoas são hipócritas, não dizem o que pensam, não sºao sinceras, não são honestas, só pensam em sobreviver como puderem," disse, ainda, o antigo treinador do F.C. Porto, do Chelsea e do Inter de Milão. "Posso estar errado, mas digo sempre o que penso, o que sinto, sem medo das consequências", acrescentou. "Sim, devia ter vivido há 100 anos", disse José Mourinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG