O Jogo ao Vivo

Ciclismo

Mulher que causou acidente na Volta à França sente-se envergonhada

Mulher que causou acidente na Volta à França sente-se envergonhada

A mulher que causou a queda de parte do pelotão da Volta à França admitiu estar arrependida e com vergonha da atitude que teve. Ergueu um cartaz com uma mensagem para os avós, cartaz que acabou por bater em Tony Martin e derrubar os ciclistas, causando dezenas de lesões.

"Fiz um grande disparate e tenho vergonha disso", explicou a mulher, em declarações ao jornal italiano "La Gazzetta Dello Sport". Explicou ainda que está com receio das consequências da sua ação. Foi detida na quarta-feira e poderá ser multada em 1500 euros, mas a coima pode subir para os 15 mil caso Jasha Sütterlin, corredor que abandonou a etapa pela lesão sofrida, apresente queixa.

Revelou também que se sente angustiada pela quantidade de notícias e especulação que os meios de comunicação fizeram em relação a ela. No entanto, Nicolas Duvinage, da polícia francesa, explicou que esta mulher tem algumas "fragilidades pessoais" e que é preciso manter a calma sobre este assunto e que não se deve punir a pessoa nas redes sociais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG