Futebol

Multiplicam-se as reações à morte de Vítor Oliveira: "Fará muita falta"

Multiplicam-se as reações à morte de Vítor Oliveira: "Fará muita falta"

O futebol português está em estado de choque com a notícia da partida de Vítor Oliveira, este sábado, três dias depois de ter falecido Reinaldo Teles e Maradona. Os presidentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da Liga Portugal foram os primeiros a reagir a mais esta triste notícia.

"Foi com grande consternação que tomei conhecimento da morte completamente inesperada de Vítor Oliveira, uma das personalidades mais carismáticas do futebol nacional e uma pessoa com quem sempre tive uma relação de enorme respeito, admiração e afabilidade. Numa carreira longa e cheia de vitórias, foi sempre, pelo seu enorme caráter, cultura desportiva e exigência, uma referência de topo do futebol português. A sua ligação aos jogadores, colegas treinadores, staff, dirigentes e clubes por onde passou - mais de quatro décadas ao serviço de quase vinte emblemas - falam mais alto do que quaisquer palavras que aqui possa deixar. Sublinho apenas que Vítor Oliveira fará muita falta ao futebol nacional que, por sua vez, dele guardará sempre a imagem de um enorme vencedor", garantiu o presidente Fernando Gomes, num comunicado publicado no site da FPF, que finda assim: "À família enlutada, nesta hora tão difícil, envio as minhas mais sentidas condolências".

Antes, já o presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, tinha lamentado na rede social Facebook: "Esta é uma notícia que não queremos receber. Não quando se trata de alguém que não está doente, que está na plenitude da sua vida e que adora, respira futebol. Ainda há dias, o nosso amigo Vítor Oliveira esteve na Liga, a dar uma aula da pós-graduação... tão bom foi ouvi-lo. Dizem dele que era o campeão das subidas, e foram 11. Não era, era um campeão dos treinos, da liderança e do futebol. Que semana dura e estranha esta, que nos leva os mais queridos. O Futebol e a sociedade continuam a ficar mais pobres".

O S. C. Braga, um dos clubes que Vítor Oliveira representou enquanto jogador e treinador, também já publicou uma nota de pesar nas redes sociais e no site oficial. "O S. C. Braga endereça sentidas condolências à família e amigos de Vítor Oliveira. Vítor Oliveira foi jogador do S. C. Braga nas temporadas 1981/82 e 1982/83, e treinador do clube arsenalista na época de 1998/1999".

PUB

"O Sporting Clube de Portugal manifesta o seu pesar pela morte de Vítor Oliveira, ex-jogador e treinador de futebol, que faleceu este sábado aos 67 anos. Aos familiares e amigos, o Clube endereça as mais sentidas condolências". O clube de Alvalade, que joga mais logo, a partir das 20.30 horas, frente ao Moreirense, também já publicou no site uma nota de pesar.

Já o antigo jogador, Cândido Costa usou a rede social Instagram para se despedir do técnico, fazendo acompanhar a nota de pesar por uma imagem que fala na última subida, esta aos céus, de Vítor Oliveira.

Jorge Silas, o antigo treinador, entre outros, do Sporting, também deixou uma mensagem de despedida a Vítor Oliveira nas redes sociais. "Obrigado Mister por tudo o que nos deixou aprender consigo", escreveu.

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, também se associou à onda de pesar, através de uma nota no site do clube que dirige. ""Vítor Oliveira ficará para sempre na história do futebol português!", concordou o líder dos encarnados.

Ainda mais emotiva foi a mensagem de despedida de Fernando Santos a um "dos melhores amigos" que fez ao longo da vida.

O F. C. Porto, ainda a chorar a partida do antigo atleta e dirigente, Reinaldo Teles, que foi ontem a sepultar, também já deixou nas redes sociais uma mensagem de pesar pela morte de Vítor Oliveira.

O Arouca, um dos clubes que Vítor Oliveira subiu ao principal escalão do futebol nacional, também já reagiu nas redes sociais: "Hoje o futebol português fica mais pobre, perde-se uma referência de topo do futebol português, marcada pelo seu enorme carater e respeito por todos os intervenientes".

Outro clube treinado pelo falecido, ainda numa fase prematura da carreira de técnico, foi o Vitória minhoto. O clube de Guimarães refere-se a Vítor Oliveira como "um eterno conquistador".

O Gil Vicente, último clube que Vítor Oliveira representou enquanto treinador, também já deu conta da sua tristeza pelo sucedido: "O treinador português deixa um legado sem igual e não podemos deixar de recordar os anos em que foi treinador do Gil Vicente, em especial a época transata, e o quão contribuiu para que o Gil Vicente pudesse ser o clube que é hoje".

O Leixões, clube que tanto dizia a Vítor Oliveira, decretou o luto pela partida do técnico e até colocou o símbolo a negro nas redes sociais. "O Leixões ficou mais pobre. Muito mais pobre", pode ler-se na página no Facebook da SAD leixonense.

O Paços de Ferreira, outro clube marcante na carreira de Vítor Oliveira também já se manifestou sobre a partida do antigo treinador, tendo até preparado um vídeo em que o falecido é figura central. "Esta é uma perda que nos toca. A nós e, sabemos, a todos os apaixonados pelo futebol em Portugal. O Mister conhecia o futebol português como poucos", pode ler-se na nota de pesar pacense.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG