Itália

Nápoles vence em jogo de homenagem a Maradona e é líder isolado

Nápoles vence em jogo de homenagem a Maradona e é líder isolado

O Nápoles venceu, este domingo, em casa, a Lazio por 4-0, aproveitando a derrota do AC Milan para assumir o comando isolado da Liga italiana, no dia em que Maradona foi homenageado.

Com o internacional português Mário Rui no onze titular, os napolitanos adiantaram-se no marcador logo aos 7 minutos, por intermédio do médio polaco Piotr Zielinski, e o criativo belga Dries Mertens dilatou a vantagem para 3-0 ainda antes da meia hora de jogo, "bisando" aos 10 e 29 minutos.

Depois de ter sido dominada no primeiro tempo, a Lazio continuou sem ideias para contrariar a superioridade dos anfitriões nesta partida da 14.ª jornada da Serie A, e viu o espanhol Fabián Ruiz fechar a contagem aos 85, encerrando em beleza festa dedicada a Maradona, poucos dias depois de se assinalar um ano desde a sua morte.

A estátua de Maradona foi oferecida por Stefano Ceci, amigo do argentino, representando o "astro" em tamanho natural a correr com uma bola em cima do número 10, e com o mesmo peso com que conquistou o Mundial do México de 1986, 72 quilos.

Ao somar três pontos, neste dia especial que contou, entre outras personalidades do futebol mundial, com a presença do presidente da FIFA, Gianni Infantino, o Nápoles lidera o campeonato com 35 pontos, mais três do que o AC Milan, que foi surpreendido em casa pelo Sassuolo.

Com o português Rafael Leão a titular, o AC Milan, que somou o terceiro jogo consecutivo sem vencer, começou bem a partida, com um golo de Alessio Romagnoli, aos 21 minutos, que viria a ser expulso aos 77, mas permitiu a reviravolta do Sassuolo.

Gianluca Scamacca, aos 24 minutos, o dinamarquês Siomon Kjaer, com um golo na própria baliza, aos 33, e Domenico Berardi, aos 66, garantiram ao Sassuolo a reviravolta e a conquista dos três pontos no Giuseppe Meazza.

PUB

A formação milanesa ocupa a segunda posição da tabela classificativa, com 32 pontos, e deixou fugir o Nápoles na liderança.

Com o triunfo em San Siro, o Sassuolo passa a somar 18 pontos, no 12.º lugar.

A Roma, orientada pelo treinador português José Mourinho, venceu por 1-0 na receção ao Torino, e consolidou o quinto lugar da liga italiana de futebol, liderada pelo Nápoles.

Com o internacional luso Rui Patrício a titular e sem sofrer golos há três jogos seguidos, a Roma somou a segunda vitória consecutiva na Série A e conquistou os três pontos em disputa com um golo do inglês Tammy Abraham, aos 32 minutos.

A Roma segue no quinto lugar, com 25 pontos,

O Bolonha venceu em casa do Spezia, por 1-0, com um golo do austríaco Marko Arnautovic, aos 83 minutos, de penálti, e segue no nono posto, com 21 pontos. O Spezia é 17.º, com 11, sendo o primeiro clube acima da linha de despromoção,

Udinese e Génova empataram 0-0 e seguem, respetivamente, na 14.ª posição, com 15 pontos, e na 18.ª, com 10.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG