Desporto

NBA sem jogos até 30 de Novembro

NBA sem jogos até 30 de Novembro

O comissário da Liga norte-americana de basquetebol profissional (NBA) cancelou sexta-feira todos os jogos da época regular previstos até 30 de Novembro, depois de nova interrupção nas negociações para acabar com o "lock-out".

"Não é prático, possível ou prudente manter a época inteira", afirmou David Stern, depois de dois dias de alguns progressos, mas que não redundaram em acordo.

Os donos das equipas continuam a querer uma divisão de 50-50 nos proveitos financeiros, enquanto os jogadores, que tinham 57% no anterior contrato colectivo de trabalho, não baixam dos 52,5 por cento.

"Fizemos muitas concessões, mas, infelizmente, neste momento, não são suficientes. Por agora, não podemos dar mais nenhum passo", afirmou o director executivo do sindicato dos jogadores, Billy Hunter.

Os donos queixam-se de que Hunter não baixa um "cêntimo" dos 52%, enquanto este alega que os donos chegaram aos 47, durante as seis horas de reunião de sexta-feira, mas voltaram, depois para os 50.

"Derek (Fisher) e eu deixámos claro que não podemos levar uma proposta de 50-50 para os nossos membros, não depois de tantas concessões que garantimos", disse Hunter.

Com mais jogos cancelados, agora até final do mês de Novembro, as perdas vão começar a aumentar.

"Vamos ter de recalcular o quão mau vai ser o estrago", lamentou Stern, acrescentando: "A próxima oferta vai reflectir as extraordinárias perdas que estamos a sofrer".

Depois de mais esta interrupção nas negociações, não foi marcado nenhum dia para as mesmas serem retomadas.