Benfica

Nélson Veríssimo: "Temos de promover a Liga e aquela não é a melhor maneira de o fazer"

Nélson Veríssimo: "Temos de promover a Liga e aquela não é a melhor maneira de o fazer"

Nélson Veríssimo, técnico das águias, abordou, esta quinta-feira, os incidentes do clássico e não acredita que a pesada derrota do Sporting com o Manchester City influencie negativamente o leão. Grimaldo apto para o Boavista.

Nélson Veríssimo, técnico dos encarnados, observou atentamente o clássico entre F. C. Porto eSporting não tem dúvida sobre o impacto da imagem deixada no final do duelo. "Segui o jogo e dentro das quatro linhas foi bastante interessante. O que aconteceu depois... já se falou muito. As pessoas que estiveram diretamente envolvidas deram a sua opinião e fizeram uma reflexão. Concordo que temos de promover os nossos jogos, a nossa Liga, e aquela não é a melhor maneira de o fazer. Mas a questão já foi muito falada, envolvendo todos os agentes do futebol", sublinhou o treinador durante o lançamento do encontro frente ao Boavista, esta sexta-feira, (20.15 horas) no Estádio da Bessa.

Os encarnados procuram a terceira vitória consecutiva num duelo que antevê "difícil". "Esperamos um jogo competitivo e temos de estar com níveis elevados de competitividade e agressividade para conseguirmos os três pontos", destacou o responsável que confirmou a chamada de Grimaldo - o espanhol revelara alguns problemas físicos.

Preocupado com a instabilidade defensiva, Veríssimo mantém o desejo e o foco de reduzir a distância para o rival Sporting - agora de quatro pontos - e não quer ouvir falar no jogo com o Ajax, a meio da semana. "A importância está toda centrada no Boavista", enfatizou. .

Por outro lado, não acredita que a derrota pesada do rival diante do Manchester City possa marcar o oponente e beneficiar as águias. " Sinceramente creio que não... face ao poderio da equipa que jogou com o Sporting. O objetivo passa por encurtar a distância e Sporting é o nosso rival. O jogo não terá influência na resposta que a equipa terá que dar", destacou. .

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG