Andebol

Nervos de aço para continuar a sonhar com os "quartos"

Nervos de aço para continuar a sonhar com os "quartos"

Seleção portuguesa volta às vitórias no Mundial do Egito e vai manter-se em prova se ganhar, no domingo, à França

Portugal sobreviveu à prova de fogo com a Suíça e chega à ultima jornada da "main round" do Mundial com a passagem aos quartos de final à distância de um triunfo no jogo de domingo com a França. Depois de perder com a Noruega, a seleção lusa reagiu da melhor maneira, manteve um nível exibicional alto e superou um adversário que lhe complicou a vida quase até ao derradeiro minuto.

Foi uma partida que exigiu nervos de aço à equipa de Paulo Jorge Pereira, que liderou o marcador, mas com os suíços sempre por perto. Muito bem no ataque, à custa de uma diversidade de soluções proporcionada pela boa gestão que o selecionador tem feito, Portugal sentiu dificuldades na defesa para travar a estrela suíça, Andy Schmid, autor de 11 golos, que foram mantendo os helvéticos na luta pelo resultado.

A ganhar por dois ao intervalo, os portugueses beneficiaram de uma grande entrada na segunda parte de Fábio Magalhães (seis golos) para ganharem vantagem, mas a aposta bem sucedida da Suíça no 7x6 permitiu-lhe reduzir para a diferença mínima nos minutos finais (29-30). Veio então ao de cima a calma e a classe da equipa das quinas, que fechou a partida com três golos sem resposta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG