Brasil

Neymar sobre acusação de violação: "Foi uma armadilha"

Neymar sobre acusação de violação: "Foi uma armadilha"

Neymar está acusado de violação por uma mulher que apresentou queixa em S. Paulo. Caso terá ocorrido no passado dia 15 de maio. "Foi uma armadilha", explica o jogador brasileiro.

Neymar usou as redes sociais para reagir à queixa apresentada por uma mulher, que o acusa de violação. "Por motivo de extorsão estou sendo obrigado a expor minha vida e família...", escreveu na sua página da rede social Instagram.

PUB

E revelou as conversas que teve com essa mulher através da plataforma Whatsapp, com vídeos provocantes e nudez, desde 11 de março até à viagem a Paris, em maio, onde se encontraram pessoalmente.

"Fui induzido a isso, foi algo que aconteceu, foi uma armadilha e acabei caindo, mas que isso sirva de lição daqui em diante", afirma Neymar no vídeo, publicado este domingo e que, em seis horas, soma mais de seis milhões de visualizações.

Segundo a informação apresentada pelo jogador do PSG, a mulher chegou à capital francesa a 15 de maio e pelas conversas divulgadas já terá havido relação sexual entre os dois nesse primeiro dia.

"Foi muito ruim e muito triste escutar isso, porque quem me conhece sabe do meu caráter e da minha índole, sabe que eu jamais faria uma coisa desse tipo", garante o camisola 10 da seleção brasileira em resposta à acusação.

"O que aconteceu foi totalmente o contrário do que falam e dizem, estou muito chateado nesse momento. A partir de agora vou expor tudo, expor toda a conversa que tive com a menina, todos os nossos momentos, que são íntimos. Mas é necessário abrir e expor para provar que realmente não aconteceu nada demais", justifica.

"O que aconteceu num dia foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo o casal. No dia seguinte não aconteceu nada demais, a gente continuou trocando mensagens", acrescentou.

"É muito triste acreditar que o mundo está assim, que existem pessoas que querem aproveitar-se e extorquir as outras pessoas. É realmente triste e realmente doloroso", sublinhou, pedindo perdão à família por esta situação.

Após a declaração de mais de quatro minutos, o jogador de 27 anos expõe as mensagens de Whatsapp, com vídeos provocantes e nudez, trocados com a alegada vítima.

Segundo o UOL Esporte, quando Neymar se encontrou com a alegada vítima "estava alcoolizado". "A mulher acusou Neymar de ficar agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento da vítima", acrescenta o UOL Esporte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG