Futebol feminino

Novas regras protegem mulheres no futebol inglês

Novas regras protegem mulheres no futebol inglês

Em Inglaterra, as futebolistas passam a estar protegidas em caso de gravidez ou doença prolongada.

À semelhança do que acontece com a maioria das mulheres que vivem e trabalham no Reino Unido, também as jogadoras de futebol vão passar a estar protegidas em caso de gravidez ou doença prolongada, graças a uma nova lei, noticiou o "The Guardian".

As futebolistas que atuam na Womens Super League e Womens Championship vão usufruir dos direitos que outras mulheres noutras áreas profissionais já têm. Até agora, o futebol feminino era uma exceção neste âmbito.

Para esta mudança houve uma alteração nos contratos, que contou com o apoio da federação Inglesa de Futebol e Associação de Futebolistas Profissionais. Julie Elliott, deputada e impulsionadora desta iniciativa, referiu que "é um grande passo em frente" as futebolistas terem os mesmos direitos que a mulher comum.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG