Desporto

O 20.º título do Manchester United foi obra do número 20

O 20.º título do Manchester United foi obra do número 20

O Manchester United celebrou, esta segunda-feira, o título na Liga inglesa de futebol com um 3-0 ao Aston Villa, numa noite de inspiração de Robin Van Persie, autor dos três golos dos "red devils".

No "palco dos sonhos", a noite de sonho pertenceu ao avançado holandês, que precisou apenas de 31 minutos para completar um "hat-trick" decisivo para o 3-0 final.

Os adeptos da casa ainda se estavam a sentar quando Van Persie, assistido pelo galês Ryan Giggs, inaugurou o marcador, aos dois minutos, voltando a repetir a dose 11 minutos depois, desta vez servido por Wayne Rooney.

O holandês voltou a superiorizar-se à defesa adversária aos 33 minutos, noutro golo construído pela experiência de Giggs, e garantiu o estatuto de maior goleador da Premier League, com 24 golos.

Mas o espetáculo proporcionado pelo avançado que se transferiu do Arsenal para os "red devils" esta temporada não se resumiu ao "hat-trick", com Van Persie a salvar sobre a linha um golo certo do Aston Villa, quando estavam decorridos 50 minutos do encontro da 34.ª jornada.

A vitória do Manchester United podia ter sido ainda mais dilatada se Kagawa, de baliza aberta, não tivesse falhado uma oportunidade clara, rematando por cima, aos 77 minutos.

O 3-0 ao Aston Villa, em Old Trafford, com Nani no banco, confirmou um título já anunciado, com os primeiros do campeonato inglês a confirmarem uma vantagem de 16 pontos inalcançável para o segundo classificado, o Manchester City, que tem um jogo em atraso.

O United conquista assim pela 20.ª vez o campeonato, a quatro jornadas do final da Premier League, graças ao seu número 20.