Exclusivo

O curso da polémica que afeta treinadores de futebol

O curso da polémica que afeta treinadores de futebol

Rúben Amorim foi inscrito pelo Sporting como adjunto, no ano passado, a exemplo do que já tinha acontecido no Braga, no final de 2019

E se o maior candidato a treinador do ano, provável futuro campeão nacional, não estiver habilitado a desempenhar funções num clube do principal escalão do futebol português?

A questão coloca-se no caso de Ruben Amorim, que está no centro de uma polémica provocada pela abertura de um processo ao Sporting, acusado de fraude na inscrição do treinador pela Comissão de Instrutores da Liga. Amorim arrisca uma suspensão de um a seis anos, por não ter ainda concluído o quarto e último nível do curso de treinador, obrigatório para quem está ao comando de cada uma das 18 equipas da divisão principal do futebol profissional em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG