Rússia

O exemplo japonês no Mundial e as fotos que estão a correr mundo

O exemplo japonês no Mundial e as fotos que estão a correr mundo

O Japão foi eliminado do Mundial da Rússia, na segunda-feira, ao perder por 3-2 frente à Bélgica, a quem chegou a estar a vencer por duas bolas a zero. Mas se há coisa que as derrotas parecem não roubar aos jogadores e adeptos asiáticos é o sentido de responsabilidade e civismo, mesmo no que diz respeito às limpezas.

As imagens de tristeza e frustração face à derrota japonesa coexistem com as do cuidado pela manutenção das instalações do estádio da cidade russa de Rostov-On-Don, onde japoneses e belgas se defrontaram.

Arrumar o balneário não costuma ser prioridade para quem acaba de ser eliminado da maior competição de futebol do mundo, principalmente para quem chegou a ter vantagem folgada. Pelo menos para a generalidade das equipas, mas não para o Japão.

Depois do adeus ao Mundial 2018, os nipónicos voltaram a dar o exemplo, como já é seu costume, deixando o balneário num estado de limpeza tal que parecia nem ter sido ocupado. E ainda deixaram um bilhete de agradecimento. "Obrigado", lia-se na nota.

A par da atitude dos jogadores, está o comportamento dos adeptos daquela seleção que, no fim do encontro, não demoraram a fazer a limpeza das bancadas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG