Rali de Portugal

Ogier volta à luta em Amarante

Ogier volta à luta em Amarante

Ponto final na segunda etapa do Rali de Portugal, com o britânico Kris Meeke a manter a liderança da classificação geral, mas agora mais "apertado" pelos Vokswagen de Sébastien Ogier e Andreas Mikkelsen.

Meeke, em Citroen, dominou por completo as primeiras passagens matinais pelos troços de Baião, Marão e Amarante, mas a repetição das especiais, na tarde deste sábado, resultou numa história totalmente diferente.

Andreas Mikkelsen foi o primeiro a mostrar o andamento do Polo R, triunfando em Baião 2 e Marão 2, com o tricampeão do Mundo a responder na segunda vez que os pilotos do WRC passaram pelos 37,67 quilómetros de Amarante.

Apesar de abrir a estrada, Ogier foi o mais rápido, "roubando" 2,6 e 4,3 segundos aos companheiros na VW, Mikkelsen e Jari-Matti Latvala, e recuperando 12,4 em relação a Meeke.

Ao final da manhã, o francês estava a 1,02 minutos da liderança, mas a sessão vespertina permitiu-lhe ficar a apenas 45 segundos de Meeke e com todas as chances de garantir o quinto triunfo na prova portuguesa.

O Rali de Portugal termina hoje, com as passagens duplas por Vieira do Minho e Fafe, sendo que esta última é a "power stage" e oferece pontos extra aos três primeiros classificados.