Hóquei em Patins

Oliveirense goleia Forte dei Marmi e mantém liderança do grupo na Liga Europeia

Oliveirense goleia Forte dei Marmi e mantém liderança do grupo na Liga Europeia

A Oliveirense goleou, este sábado, o campeão italiano Forte dei Marmi, por 7-2, na terceira jornada do Grupo D da Liga Europeia de hóquei em patins, mantendo a liderança do mesmo, graças ao bis de três jogadores.

Numa partida que opôs o atual primeiro classificado do campeonato português ao segundo da Liga italiana, a Oliveirense chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com dois golos de Jordi Bargallo, aos 11 e 23 minutos. No segundo tempo, os italianos acabariam por chegar à igualdade com tentos de Martí Casas, aos 32, e Xavi Rubio, aos 35.

Porém, um penálti de Marc Torra, aos 39 minutos, voltou a desbloquear o encontro, que viria a assumir contornos de goleada graças aos bis de Xavi Barroso, aos 42 e 48, e Henrique Magalhães, aos 47 e 48, três dos golos marcados em dois minutos.

Depois de uma bola ao 'ferro' para cada equipa, Jordi Bargallo aproveitou uma recarga para inaugurar o marcador, que poderia ter sido aumentado no mesmo minuto, depois de o espanhol Xavi Rubio ter visto o cartão azul, mas o compatriota Marc Torra não conseguiu enganar o guarda-redes Riccardo Gnata na marcação do livre direto.

Pouco depois, em novo contra-ataque bem construído pelos locais, Jorge Silva acertou novamente no poste enquanto, já perto do intervalo, Bargallo 'bisou' numa jogada de insistência, conferindo à formação de Renato Garrido uma vantagem confortável, apesar das boas oportunidades dos transalpinos.

Os campeões italianos regressaram motivados à pista e Jordi Burgaya ficou perto de marcar à antiga equipa, negado por uma boa defesa de Xavier Puigbi, mas o Forte dei Mar acabaria por reduzir por Martí Casas e, pouco depois, Xavi Rubio empatou a partida num remate colocado.

Após o recomeço, Bargallo perdeu o esférico em zona proibida, Martí Casas seguiu isolado para a baliza, mas Nélson Filipe voltou a negar-lhe o golo, sendo que, dois minutos depois, o espanhol voltaria a marcar, mas o tento foi anulado devido a stick alto.

No minuto seguinte, o mesmo Martí Casas beneficiou de um livre direto a castigar a 10.ª falta da Oliveirense, defendido por Nélson Filipe, enquanto, do outro lado, a formação anfitriã beneficiaria do mesmo castigo, mas Marc Torra voltou a permitir a defesa de Riccardo Gnata e, na recarga, sofreu falta dentro da pequena área.

Chamado a converter a terceira bola parada, desta feita um penálti, o espanhol não desperdiçou e recolocou os locais em vantagem, que viria a ser aumentada pelo compatriota Xavi Barroso, com um forte remate de ângulo apertado.

Nos últimos minutos, a Oliveirense aproveitou a pressão alta dos italianos para resolver a partida, primeiro, Henrique Magalhães levantou e 'picou' o esférico por cima de Gnatta, pouco depois, Xavi Barroso arranjou espaço e 'disparou' para 'bisar' na partida, tal como Henrique Magalhães que apareceu sozinho na área e só teve de empurrar para a baliza.

Ficha de jogo:

Jogo realizado no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis.

Oliveirense -- Forte dei Marmi: 7-2.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores: 1-0, Jordi Bargallo, aos 11 minutos; 2-0, Jordi Bargallo, 23; 2-1, Martí Casas, 32; 2-2, Xavi Rubio, 35; 3-2, Marc Torra, 39 (grande penalidade); 4-2, Xavi Barroso, 42; 5-2, Henrique Magalhães, 47; 6-2, Xavi Barroso, 48 e 7-2, Henrique Magalhães, 48.

Sob arbitragem da dupla espanhola José Ribo e Raul Burgos, as equipas alinharam:

Oliveirense: Nélson Filipe, Marc Torra, Jordi Bargallo, Jorge Silva e Henrique Magalhães. Jogaram ainda: Xavi Barroso e Ricardo Barreiros.

Treinador: Renato Garrido.

Forte dei Marmi: Riccardo Gnata, Jordi Burgaya, Xavi Rubio, Martí Casas e Federico Ambrosio. Jogaram ainda: Davide Motaran, Cosimo Matugili e Giancomo Maremmani.

Treinador: Pierluigi Bresciani.

Ação disciplinar: cartão azul para Xavi Rubio (11).

Assistência: cerca de 300 espetadores.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG