Futebol

OPA à SAD do Benfica garante milhões a Vieira e investidores

OPA à SAD do Benfica garante milhões a Vieira e investidores

O presidente do Benfica pode ceder as suas ações ao clube quando deixar o cargo. A oferta é um bom negócio para vários acionistas de referência da SAD.

A Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada sobre 28,06 % do capital da SAD pode render mais de 28 milhões de euros a vários acionistas de referência da sociedade que gere o futebol benfiquista, caso aceitem a proposta que representa um investimento superior a 32 milhões de euros. Impedido de vender nesta OPA, já que faz parte dos corpos sociais, o presidente Luís Filipe Vieira garante um encaixe de 3,7 milhões de euros quando quiser desfazer-se das 753 615 ações (tipo B) que detém, representativas de 3,27% do capital social.

É que, como indica o anúncio preliminar da operação, a SGPS fica obrigada a pagar-lhe o mesmo no futuro, os cinco euros por ação, quando deixar de fazer parte dos órgãos sociais do clube e da SAD e se quiser vender. O mesmo se aplica aos restantes dirigentes das águias que têm ações.

Ler mais na edição impressa ou versão e-paper