Premium

Orçamento dos clubes da Liga sobe 111 milhões

Orçamento dos clubes da Liga sobe 111 milhões

F. C. Porto e Benfica são os principais responsáveis pelo aumento, mas há outras seis equipas que abriram os cordões à bolsa. Tondela e Belenenses SAD têm os valores mais baixos. Nem a pandemia e os jogos à porta fechada travam o investimento.

A bola arranca esta sexta-feira e no relvado são 11 contra 11, onde o dinheiro, dizem os teóricos, não joga nem vale pontos, mas há outro campeonato fora das quatro linhas. O campeonato dos milhões. É verdade que não garante vitórias, mas ajuda a construir melhores plantéis, em número e qualidade. O JN fez as contas e concluiu que, de uma época para a outra, o orçamento global dos clubes aumentou 111 milhões de euros. Em 2019/20, o bolo total atingiu os 366 milhões, ao passo que esta temporada a cifra subiu e parou nos 477 milhões. Trata-se de um aumento brutal, tendo em conta o contexto pandémico que o Mundo atravessa, com consequências tremendas no desporto, onde, por exemplo, já se sabe, não haverá público nos estádios até final de outubro. E depois será sempre uma incógnita.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG