Premium

Organização do Dakar ajuda família de Paulo Gonçalves

Organização do Dakar ajuda família de Paulo Gonçalves

A família de Paulo Gonçalves, piloto de motos que faleceu no Rali Dakar, no domingo, vai ter ajuda financeira da organização da prova, cumprindo o que está estipulado no regulamento da competição.

O JN consultou o documento e os herdeiros têm direito a receber cinco mil euros para despesas relacionadas com o transporte do corpo e os procedimentos fúnebres. Além disso, todos os pilotos inscritos na Federação Internacional de Motociclismo (FIM), presidida pelo português Jorge Viegas, estão cobertos por um seguro de vida de 46 mil euros. O próprio dirigente deste organismo confirmou-o ao nosso jornal.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG