F. C. Porto

Otávio pisca o olho à equipa das quinas

Otávio pisca o olho à equipa das quinas

O médio do F. C. Porto esteve, este sábado, na rubrica "F. C. Porto em Casa", realizada nas redes sociais dos azuis e brancos. Entre outras coisas, Otávio falou sobre a possibilidade de ser capitão dos dragões e de uma possível chamada à seleção nacional.

"Gosto muito de Portugal, todos sabem. Na verdade, devo ficar em Portugal quando terminar carreira, já tenho casa. Portugal é como o Brasil, mas muito melhor em termos de segurança", disse Otávio, antes de falar sobre a possibilidade de vestir a camisola da seleção portuguesa. "Fui bem recebido, estou a tirar passaporte e, se aparecer oportunidade de jogar na seleção, não recusaria. Sei que Portugal tem bons jogadores, mas se Portugal aparecer primeiro do que Brasil, não espero pelo Brasil e escolho Portugal".

O médio dos dragões aproveitou ainda para afirmar que não tem "perfil" para ser capitão do F. C. Porto. "Nunca podemos recusar isso, mas para mim não é sonho. Não sou pessoa para isso, não tenho esse perfil, nem sou de falar muito. Um capitão tem de falar em todos os momentos. Há jogadores que não têm braçadeira e são muito importantes para a equipa. Se acontecer ficarei feliz, mas só quero ajudar".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG