Exclusivo

Pai de Abel Ferreira: "Pior filho? Nada disso. O pai tem muito orgulho nele"

Pai de Abel Ferreira: "Pior filho? Nada disso. O pai tem muito orgulho nele"

O relato emocionado do pai de Abel Ferreira, ao JN, depois de o treinador ter conduzido o Palmeiras à conquista da Taça dos Libertadores. Quer vê-lo condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique.

"Um campeão também chora". Assim terminou o artigo no site do JN referente à conferência de Imprensa de Abel Ferreira, no rescaldo da conquista da Taça dos Libertadores da América. De facto, após o triunfo do Palmeiras sobre o Santos, as lágrimas abundaram no rosto do treinador penafidelense, de 42 anos. E nem todas foram de alegria.

"Dói-me não conseguir ter os dois Mundos. Sou pior pai, pior filho, pior tio, pior marido, pior irmão... Mas é verdade, sou agora melhor treinador", afirmou Abel Ferreira. Em casa, emocionado, o pai do treinador, Sebastião, sentiu essas palavras e colocou-se no direito de discordar do novo rei das Américas: "Pior pai não é, tem muito gosto nas filhas. Pior filho? Nada disso, porque o pai tem muito orgulho nele. É um grande homem, um grande filho. É sim senhor... Se estivesse connosco não se sentia assim, estaríamos aqui todos a beber uma garrafinha".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG