Futebol

Pako Ayestarán critica arbitragem: "Houve erros claros"

Pako Ayestarán critica arbitragem: "Houve erros claros"

O treinador afirmou que o Tondela teve "falta de sorte" frente ao F. C. Porto e considerou ter havido erros de arbitragem.

"Apesar da derrota, mostrámos que estamos a evoluir, que a equipa é capaz de competir com qualquer equipa. Tínhamos pela frente uma grande equipa, cria situações muito difíceis de defender. Planeámos muito bem o jogo e acho que a equipa deu uma imagem muito boa. Nestes jogos precisa-se de sorte, que não tivemos. Acho que houve erros muito claros por parte do árbitro. Às vezes estão acertados, hoje não estiveram acertados. Há momentos concretos em que não tivemos sorte", começou por dizer Pako Ayestarán, citando alguns exemplos.

"Acho que o primeiro golo surge muito cedo, o lançamento acho que é nosso, o segundo golo é um canto em que a segunda bola achamos que deu na mão do Luis Díaz e chega ao único jogador que não estava em fora de jogo, que era Marega, porque se chega a outro jogador, estava em fora de jogo. No terceiro golo o lançamento era nosso. Obviamente que os árbitros são humanos e podem errar, mas hoje é certo que não tivemos sorte", concluiu.

O F. C. Porto venceu (4-3), este sábado, o Tondela na nona jornada da Liga no Estádio do Dragão. Marega, Mario González, com um bis, Taremi e Rafael Barbosa marcaram os golos. Uribe foi expulso aos 90+2.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG